BOIOLOL: Desabafo

Demorei mas voltei povo!

Tava passando da hora, mas precisamos falar sobre isso. Você sabe o que é enema?

Se sim, ótimo! Se não, tudo bem. Não vou falar hoje em como utilizar, mas preciso muito desabafar com vocês. Passei um dos piores momentos da minha vida no último final de semana!

Estava eu linda, loira e japonesa de férias passeando por diversos cantos desse país e a última parada foi São Paulo no final de semana passado. Cheguei naquela cidade maravilhosa, cheia de gatinhos e fui logo correndo pro hotel para dar um tapa no visual. Apesar de estar cansado, eu estava doido pra fazer amor com o bumbum.

 

Não, né, gente?

Não, né, gente?

 

Hotel numa localização ótima com um quarto agradável, uma pessoa normal iria logo pular na cama e se jogar, eu fui correndo pro banheiro para analisar se estaria bem equipado.

Sim, eu estava procurando pelo CHUVEIRINHO, aquele negócio que fica do lado do vaso e é utilizado para fazer a CHUCA. Se você ainda NÃO sabe do que tô falando, vale um google:

Enema (também denominado enteroclisma ou clister, e conhecido popularmente no Brasil como chuca) é a introdução de água no ânus (recto e sigmoide) para lavagem intestinal, purgação ou administração de medicamentos através de uma sonda rectal.

 

Tem até um Wikihow ensinando a fazer!

Tem até um Wikihow ensinando a fazer!

Tá mais claro? Então, como eu disse, hoje não vou ensinar como fazer e nem os motivos para fazer uma linda chuca.

O que acontece é que fiquei em estado de choque quando vi que o banheiro NÃO tinha o chuveirinho. Comecei a me tremer todo, uma gota escorreu no meu rosto e então eu surtei.

COMO VOU PASSAR 4 DIAS NESSA CIDADE CHEIA DE BOY MAGIA E SOBREVIVER SEM FAZER CHUCA?

Eu me via em um pesadelo sem fim, não conseguia pensar em nada, apenas nas várias pirocas perdidas, nos vários “não encoste aí” que eu iria falar. Tudo que eu sonhava para aqueles dias caiu por terra.

via GIPHY

 

Foi então que lembrei do nosso salvador Google! Comecei a pesquisar freneticamente sobre as possibilidades. Bom, eu já tinha uma certa noção antes, mas o máximo que eu conseguia lembrar de opções que JÁ OUVI FALAR foi de usar uma garrafa pet pra socar no cu. JAMAIS QUE EU FARIA ISSO.

Pesquisando vi então que existiam alguns produtos voltados para a higiene anal – o enema. A partir daí comecei a pesquisar farmácias online que vendiam o produto, em todas que olhei e que entregariam na região, estavam esgotadas.

Foi aí que a tensão voltou. “PUTA QUE PARIU vou ter que descer, achar uma farmácia e pedir essa porra?” JAMAIS!” eu pensei.

 

Screen Shot 2016-03-31 at 10.52.34 PM

Boa noite, o senhor teria um enema?

 

Passados 10 minutos e a vontade de trepar aumentando, criei coragem e fui. Fui correndo à farmácia mais próxima, evitei pensar muito para não dar pra trás (rs) e não fazia idéia como iria comprar aquilo.

Chegando lá, eu procurei por todas as prateleiras, mas não conseguia achar. Um atendente chegou até mim e perguntou o que eu procurava. Foi aí que sem pensar e já vermelho de vergonha falei “Quero um soro fisiológico”. Pensei que em último caso, se não achasse o que queria eu poderia socar o soro no cu, obviamente.

Ele me entregou o soro e logo em seguida tomei coragem “vocês tem higienizador anal aqui?” – EU QUERIA MORRER depois que falei aquilo – e o atendente já rindo sabendo o que eu ia fazer com aquilo, me apontou a prateleira, estava logo atrás de mim, o que fez com que eu morresse mais um pouquinho. Peguei aquela caixa ENORME e com a foto do produto estampada e no nervosismo deixei cair próximo aos pés de uma outra atendente que se abaixou, pegou e me entregou com um sorriso safado. Chegando no caixa encontrei essa MESMA moça o que me deixou constrangido do momento em que pisei até o momento de sair daquela farmácia.

 

Quem vai dar o cu hoje, gente?

Quem vai dar o cu hoje, gente?

 

Cheguei no hotel correndo, doido para testar o produto. Mas no fundo eu sabia que não daria muito certo, ele tinha dois tubos diferentes, um grosso pra introdução vaginal e um fininho para o anal (não entendir mas ok). Fiz o que tinha que fazer no vaso sanitário e depois fui pro banho, todo serelepe pensando nos boy lindo que viriam a seguir.

Entrando na ducha, eu enchi a bombinha de água, coloquei o tubo fininho (queria o grosso aloka) e encostei ele na portinha (não é pra enfiar tá seus danadinhos). Apertei de uma vez a bomba pra esguichar a água porém não foi muito efetivo. Tentei mais uma vez e consegui uma semi-limpeza porém na terceira tentativa, acredito que por causa das posições desconfortáveis necessárias para fazer aqui, eu fiquei meio fraco e a PORRA DO TUBO entro no meu cu, não toda, porém uma parte. Pensei que “já que tá aí, ok, deixa eu apertar”, no momento em que apertei, eu acabei mexendo na direção da bomba o que fez com que o tubo se movesse dentro de mim. PUTA QUE PARIU que dor! Aquela merda me cutucou com força e quase rasgou meu reto.

Passei quatro dias sem dar.

Eis o produto que vocês NÃO devem comprar:

 

Screen Shot 2016-03-31 at 11.11.39 PM

 

Eu mesmo tirei essa foto pra sempre me lembrar da minha vergonha. Confiem sempre no chuveirinho.

Ah! Se vocês têm interesse em saber mais sobre a chuca, falem aqui nos comentários que pretendo fazer uma explicação bem bacaninha! 😉
Bjs

 

Se quiser falar algo, tirar dúvidas, mandar sugestões de tema, pau babão e gritar comigo:ursoboiolol@gmail.com.br

E ME SEGUE NO TWITTER  @o_ursao e ADICIONA NO FEICE  https://www.facebook.com/umurso 

 

loading...