Cinelol – 1001 filmes para ver antes de morrer – Tubarão

jaws

Tubarão – 1975

EUA

Direção: Steven Spielberg

 

 

Há filmes que marcam as pessoas de maneira profunda e Tubarão é um deles.

Lembro-me que, quando criança, encontrei na vasta coleção de VHS do meu pai uma fita de Tubarão. Assistir àquilo mudou minha experiência com água para sempre. Passei ANOS morrendo de pavor de praia. Até piscinas me amedrontavam. A música, AQUELA que mesmo quem nunca viu o filme conhece, tocava na minha cabeça sempre que alguma situação de tensão se avizinhava.

 

Leia mais

Cinelol – 1001 filmes para ver antes de morrer

Jaws-movie-poster_(1)

Amiguinhos,

 

Uma das metas que os PATRONOS do LOL liberaram foi meu comprometimento de assistir e escrever um review de cada um dos 1001 Filmes para ver Antes de Morrer!

Como é, obviamente, um comprometimento de longo prazo, decidi começar mesmo antes de o primeiro mês de Patreon rodar (que é quando vamos saber MESMO quantos pagaram).

 

A ideia é a seguinte: uma semana antes de fazer o review, vou sortear um filme aleatório da lista e avisar aqui no blog. Assim vocês poderão ter a chance de verem o filme também, caso queiram.

 

Certo?

 

Já fiz o primeiro sorteio, e o primeiro filme a ser visto será:

 

Tubarão, de 1975

 

Ufa, a primeira missão não será nada árdua!

 

Então aguardo vocês na semana que vem!

Cinelol especial CHARLES – Desejo de Matar

 

Há várias maneiras de se DETERMINAR se um JOVEM alcançou a MATURIDADE!

Os espartanos enviavam seus RAPAZES em direção ao ERMO e só permitiam sua volta após comprovarem terem matado um LOBO com as próprias mãos. Algumas tribos africanas promovem escarificações enquanto tribos indígenas sul-americanas imergem as mãos dos jovens em formigueiros OF DOOM!

No ocidente RÚSTICO porém civilizado o ritual de passagem supremo determinador da MACHIDÃO do candidato a homem é terminar de assistir, e COMPREENDER, toda a formidável série DESEJO DE MATAR!

O fato de Chuck Norris ter virado símbolo de virilidade suprema na internet é um SINAL DOS TEMPOS, meus amigos. CHARLES BRONSON é o macho supremo. Chuck Norris é o herbívoro na cadeia alimentar da MACHEZA. Charles Bronson é o predador por excelência. Ele é frio, RÚSTICO, ASSELVAJADO, porém SEDUTOR, calculista e TRAQUEJADO. Ele é prático, não compreende o conceito de firulas. QUALQUER objeto vira uma arma mortal em suas mãos, até mesmo um telefone! Não suporta o crime nem a vadiagem! É protetor das mulheres e dos bons costumes. Não provoca ninguém, mas se provocado descarrega o INFERNO sobre quem o AVILTA!

É em homenagem a esse lindo senhor de CAPACETE GRISALHO que estreia hoje uma série especial do Cinelol em que apresentarei aos LEIGOS NA VIDA a série Desejo de Matar em toda sua beleza formidolosa!

Comecemos, pois.

Leia mais

Cinelol – Notre Jour Viendra

França – 2010

Direção: Romain Gavras

 

Pessoas são imbecis.

Uma das mais frequentes críticas a filmes, especialmente vindas de amadores como eu, é que falta SENTIDO ou TRAMA ao roteiro. “São 120 minutos que não levam a nada”, é frequente ouvir. Mais comum ainda são os que se descabelam com finais bruscos e se esquecem da diversão a que foram submetidos no DECORRER da história. Essas pessoas, na sua obsessão por conclusões e pontos com nós, se comparam a um turista que passa 10 dias em um cruzeiro com bebida liberada, mulheres nuas e comida SOBERBA e reclama da viagem quando descobre que chegou a uma cidade desapontadora. No cinema, na literatura e, principalmente, na vida, o CAMINHO é quase sempre mais importante que o destino.

Leia mais

Cinelol – Spiklenci slasti

República Tcheca– 1996

Direção: Jan Svankmajer

É estranho que, tendo como tema central os desejos sexuais escondidos em cada um de nós, Spiklenci Slasti não apresente nenhuma cena de sexo ou nudez chocante. Visualmente é um filme leve. Os diálogos tampouco chocam, já que não existem. A história é contada, com toda sua intensidade e nuances sem que uma única palavra seja dita. O que é contundente, por vezes perturbador e insultuoso é seu conteúdo.

Leia mais

Zombi Holocaust

Itália – 1980

Direção: Marino Girolami

O cinema exploitation italiano vive de cópias.

A ânsia pelas fórmulas de sucesso é tamanha que filmes inteiros eram SUGADOS antes mesmo que fossem lançados.

É o caso de Zombi Holocaust, cujo tema, trama e estilo são cópias do clássico de Lucio Fulci (exceto pela fantástica e formidável cena de luta entre um zumbi e um TUBARÃO).

Leia mais

Bad Boy Bubby

Austrália– 1993
Direção: Rolf de Heer

Bubby tem 35 anos e nunca deixou a pequena casa onde nasceu. Desde pequeno sua mãe o fez acreditar que lá fora o ar era venenoso. Confinado ao cômodo minúsculo seu único companheiro era o gato de estimação, a quem freqüentemente torturava. Quando a mãe saía, Bubby era deixado sozinho e inerte, forçado a acreditar que a figura de Jesus na parede o delataria caso ele ousasse se mover. Se comunica como uma criança pequena, com frases curtas e repetidas. Viveu assim até o dia em que o inesperado aconteceu e finalmente pode conhecer o mundo.

Leia mais