Divã do Sicko – Meu namorado não quer me comer

Sicko, eu sempre leio o lol hehehe, principalmente o Divã do Sicko e achei que talvez você pudesse me ajudar com uma opinião…

Eu to dividindo um apê com meu namorado há 2 anos e meio, e de uns tempos pra cá as coisas vem mudando um pouco, caindo numa rotina confortável mas ao mesmo tempo entediante…

Antigamente saíamos mais, conversávamos mais, brigávamos mais e transávamos mais… Agora é sempre a mesma coisa: chega do trabalho, assiste jornal, faz um lanche e vai pra frente do computador ver alguma pornografia, e-mails de bobagens, lol hehehe e sites similares… Assistimos alguma coisa na televisão e vamos dormir. Uma vez ou duas na semana, mais ou menos rola sexo: no quarto, na cama, sempre nas mesmas posições… Detalhe: quase sempre só rola porque eu tomo a iniciativa.

Toda vez que discutimos o assunto ele diz que eu to exagerando e que não há problema algum, que pra ele ta tudo ótimo e sempre consegue virar o jogo e se colocar como vítima da situação.

Eu já tentei de tudo pra sair dessa rotina… Propus algumas fantasias, coisas que tenho vontade de fazer, tipo: transar em lugares públicos e uns lances mais loucos… Ele nunca topa. É sempre “to cansado, isso é bizarro, não curto, é arriscado”.

Quando pergunto: me fale uma fantasia sua, qualquer coisa, eu topo… Ele diz: não tenho nenhuma.

Porraaaaaa!!! Que homem não tem fantasia?! Uma pelo menos?!! Óbvio que deve ter, mas não comigo, certo?

Já até propus um ménage, chamar uma amiga… Deixo até ele contratar uma garota de programa. Falei com ele… Até concordou com a idéia, mas sem muita empolgação…

Disse que ia ver, depois me falava… Já faz mais de um ano, até hoje nada.

Já me perguntei se ele nunca teve vontade de ficar com outro homem… Ele se zangou quando eu perguntei. Eu disse que se ele quisesse, eu até topava ficarmos eu, ele e outro cara… Ele ficou mais zangado ainda. Disse que não, nunca e não gostava dessas coisas.

Apesar de estar a anos subindo pelas paredes, sedenta por sexo, eu nunca o traí. Nunca fiquei com outros homens… Nunca, nunca, nunca! E não é por falta de oportunidade ou opção… Se eu quisesse fazer sexo com outro cara agora seria só dar um telefonema. Tem uma lista de caras que já deixaram bem claro que estão afins.

Isso ta acabando com a minha auto-estima… Racionalmente eu penso: não devo ser feia – baranga – intragável… Se eu fosse não haveria tanto homem e mulher correndo atrás… Mas é impossível não ficar mal e me sentindo o pior dos monstros marinhos, pois tem horas que eu penso: ta mal, heim? Nem seu marido te quer…
Quando imagino um futuro próximo ao lado dele me vejo no papel daquela tia de meia
idade chegando na menopausa , que já desistiu da vida sexual e agora direciona todo o seu tempo a cuidar dos filhos e lavar as cuecas do maridão. Àquela cujos únicos prazeres na vida são falar da vida sexual alheia (já que não tem uma) e jogar petiscos pro cachorro. Só que detalhe: antes dos 30!!!

Me ajuda, Sicko?! Eu não sei o que fazer… Temos uma vida boa, eu sou apaixonada por ele, nos damos bem em quase todos os aspectos… Apesar disso vejo um fim eminente e eu não queria que meu casamento acabasse por causa de sexo, ou por FALTA de sexo… E não quero me tornar uma celibatária aos 27 anos.

Olá, amiga NANDINHA,

Primeiro esclareçamos que você se queixa de DOIS PROBLEMAS que, embora pareçam relacionados, não o são.

Você reclama da ROTINA que acometeu o casal e a liga à sua segunda reclamação: o fato de que sua VAGINA anda menos frequentada que parque de diversões em dia de finados.

Ninguém quer ENTRAR na sua RODA gigante 🙁

Todas as mulheres (e os homens criados pela avó) quando imaginam a vida de casado pensam naqueles casais cujo dia a dia é repleto de surpresas, presentes inesperados, sexo em lugares inusitados e que resolvem toda briga decidindo pintar a parede da sala e, no processo, sujando o nariz do outro de tinta.

Esse tipo de casal só existe no cinema.

"Brocha aqui em casa só a de pintar"

A ROTINA faz parte da vida de todo casal SAUDÁVEL. Ninguém consegue ser especial, divertido e parecer o melhor cônjuge do mundo todos os dias (eu consigo, mas como não te quero considere que ninguém consegue).

Somos essencialmente pessoas chatas e é um erro achar que ao nos casarmos estamos nos unindo somente àquela pessoa divertida e interessante com quem saíamos no começo do namoro.

Quando não convivemos é fácil escondermos nossos aspectos desinteressantes, mas na vida a dois fica impossível. A culpa não é da rotina. Ela, na verdade, é positiva. É ela que nos mantém caminhando e nos faz lidar com as coisas chatas da vida.

Isso não tira a beleza da coisa, acrescenta. Afinal, qualquer homem consegue amar e ser fiel a uma mulher de filme que está sempre linda, sempre de bom humor e sempre disposta a receber-lhe com uma FELAÇÃO, uma pizza tamanho família e um tubo de KY.

Boa noite, amor, a cerveja está gelada, a PICANHA assada, a TV ligada no futebol e minha VAGINA pré-umedecida. Por onde deseja começar?

A verdadeira MAGIA dos relacionamentos felizes é conviver e amar o outro com suas imperfeições.

Posto isso, fica claro que a rotina não tem nada a ver com o fato de que seu namorado não esteja inclinado a dispensar GAMETAS com você.

A falta ocasional de libido é também natural. Não é só você que às vezes se sente indisposta e com vontade de vestir aquele pijama furado, comer sorvete e assistir a Friends. Qualquer homem tem seus dias de se contentar com chegar do trabalho, abrir uma cerveja e assistir a algum filme sem que isso inclua PENETRAR algum buraco.

O que não é natural é a falta EXTENDIDA de libido e que uma das partes do casal tenha que se expor aos riscos de obter TENDINITE MASTURBATÓRIA para se satisfazer.

Rex, busque meu marido

Determinar a falta de libido do seu namorado é tarefa impossível sem mais detalhes e sem conhecê-lo, mas as causas mais comuns são psicológicas.

Em grande parte dos casos a diminuição da disposição sexual está ligada ao stress. Problemas no trabalho, questão financeira, são exemplos comuns. É uma reação natural da mente que, sob tensão, se foca em coisas mais urgentes que sua VAGINA. Ou você consegue imaginar um soldado no meio de uma guerra de PIROCA ERETA enquanto corre pela VIDA?

Doutor, por favor, traga-me uma VAGINA

Nesse caso uma boa conversa ou terapia solucionariam o problema.

Há também causas físicas, que podem ser hormonais (embora seja improvável se eu estiver certo ao supor que você não está dando para um homem com a idade do seu avô) ou de outra natureza fisiológica, e até mesmo medicamentosa.Nesse caso o indicado é procurar um médico.

Por fim, temos as hipóteses mais dramáticas que são: ele está trepando com outra, ele está trepando com outro ou você ficou feia, gorda e com fungo na vagina.

O mais indicado, é conversar na boa, nada de chegar chutando a porta sacudindo a vagina de fora e gritando “Essa piroca vai subir hoje ou não vai?”.

ANDA, TÁ ESPERANDO O QUE, VAMO POR A PIROCA NESSE BUCETÃO!

Não intimide-o.

Lembre-se, por mais frouxo que seu namorado seja, ele ainda possui genes de machos primitivos que o fazem APRECIAR estar no poder. Seduza-o sem INTIMA-LO. Faça-o tomar a iniciativa.

Oferecer vaginas extras, não vai resolver. Também não o vai sugerir que ele dê o rabo ou aproveitar a situação pra tentar saciar sua vontade secreta de VADIAR sugerindo colocar outro homem na cama.

Se a conversa nem a SEDUÇÃO resolverem aconselho que o largue, e envie fotos peladas para o LOL com e-mail para contato.

A CHAMA do amor é bonita e quentinha, mas se extingue sem a constante fricção das partes íntimas.

loading...