Eu quero saber …. como fazer um bom café coado

Muitos de vocês têm me pedido no Twitter para descrever meu processo de PREPARAÇÃO de café. Cheguei a começar a descrevê-lo, mas pensei melhor e convidei um especialista para falar sobre o assunto.

Acompanhem!

Sicko

 

O café não parece algo tão complicado de se fazer, certo? Errado, um café bem feito pode trazer lembranças maravilhosas, boas companhias e até segurar um amor.

 

Escolhendo seu café

Para começar, precisamos entender a diferença entre as opções de cafés do mercado e como escolher o melhor.

 

Os cafés no Brasil são classificados principalmente por qualidade.

 

O sistema de classificação por qualidade é baseado na percepção de aromas e sabores presentes na xícara do café já preparado, e é realizada por provadores oficiais.  Para não errar na escolha procure por grãos 100% arábica e pelo nome da fazenda produtora, afinal ninguém se orgulha de produzir algo ruim. Na dúvida, sempre escolha o que tem a torra ou produção mais recente.

 

O café coado é o método mais utilizado no Brasil, além de ser um dos mais simples de ser feito. Sua simplicidade o tornou o método oficial das avós, mães e tias do café por aí. No entanto, não se engane, fazer um café gostoso não é só despejar água fervendo em cima do pó moído.

 

A arte de COAR

Fazer a extração perfeita pode ser praticamente impossível sem várias tentativas e erros, pois cada café tem suas características únicas e encontrar o ápice de aroma e sabor pode ser algo tão prazeroso quanto exaustivo. Todavia, alguns passos simples podem melhorar consideravelmente o seu café do dia a dia e colocar você na trilha para encontrar o café perfeito.

 

 
Ferva a água, na dúvida é melhor ferver e esperar 30 segundos para que esfrie um pouco e chegue na temperatura ideal. Utilize sempre água filtrada, o cloro da água da torneira pode amargar o resultado final.

 

 

 
2° – Se puder escalde ou passe água quente no filtro, porta-filtro, garrafa térmica e xícaras. Dessa maneira além de limpar todos os utensílios deixamos tudo em uma temperatura que evite o choque térmico ao passar o café.

 

Processed with VSCOcam with c3 preset

 

– Meça suas doses, colocar a quantidade ideal de café moído pode ser a parte mais importante do processo. A medida coringa é 10g para cada 100ml. (uma colher de sopa cheia tem 12g de pó de café)

 

 

 

– Molhe o pó antes de começar a passar a água. Coloque um pouco de água quente em toda a superfície do pó no coador, espere cerca de 30s para garantir que não ficou nenhuma “bolota” de pó seco que não irá extrair o café.

 

 

5° – Passe o resto da água quente, o segredo aqui é ter uma passagem constante da água pelo pó, extraindo o café uniformemente.

 
6° – Anote as proporções de pó/água e teste diferentes medidas.

 

Processed with VSCOcam with c3 preset

 

 

 

 

Seguindo esses passos acertar o café vai ser fácil, para um melhor resultado moa seu café minutos antes de prepara-lo.
Para elevar sua experiência, procure por grãos classificados como “especial”. Essa denominação é dada para lotes com zero defeitos e características de sabor e aroma destacadas.

 

Tome mais café!

 

 

 

 

Esse post foi escrito por Hugo Rocco, que viaja o Brasil em busca dos melhores cafés e conta no Coffee Hunting

loading...