Monge é preso com o esqueleto de freira na mala

Um monge foi detido em um aeroporto grego depois que o esqueleto de uma freira foi encontrado em sua bagagem.

Segundo a agência Reuters, a equipe de segurança descobriu um crânio embrulhado em roupa e pedaços de ossos embalados em lençol dentro da mala do cipriota.

O monge alegou que estava transferindo os restos mortais para um monastério no Chipre e insistiu que ela era uma santa.

A freira morreu há quatro anos e morou em um convento cipriota, mas não foi oficialmente reconhecida como santa.

“Parece ser o trabalho de charlatões com interesse financeiro”, declarou o Arcebispo Chrysostomos do Chipre.

Os esqueletos de santos são cultuados na tradição grega ortodoxa.

O monge foi libertado após ser acusado de furto e profanação de cadáver.

Ele também foi suspenso de seus deveres monásticos por três meses.

Via News.com.au

loading...