Pergunta da semana: Daddy Issues

image

 

Todo mundo, ou quase todo mundo, tem algum tipo de problema com o pai. Seja um caso isolado, ou uma série de problemas que se somaram em uma relação doentia ou, pior ainda, NENHUMA relação.

 

Aproveitando o dia, nada melhor que abrir um espaço COMPARTILHAR:

 

Conte para a gente seus problemas com seu pai!

loading...

55
Deixe um comentário

avatar
42 Comment threads
13 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
48 Comment authors
Gregório de MatosCapitu, Cigana ObliquaEmanuelNero de LyonDark_Inkubus Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Chegas_do_Macatena
Visitante
Chegas_do_Macatena

Eu nunca conheci o meu pai 🙁

gabe
Visitante
gabe

Meu pai nunca foi muito presente na minha infância e se tornou completamente ausente após eu ter completado 12 anos (tenho 21). Como a presença dele era muito rara e eu tive a felicidade de ter sido, ao menos na infância, amparado afetivamente por um padrasto que era uma ótima pessoa e por uma mãe muito atenciosa, não senti tanta falta dele. Achei pior o abandono material e a não contribuição financeira na minha criação do que a falta de interesse dele em se aproximar.

zimiani
Visitante
zimiani

Meu único problema com meu pai é que ele mora longe.

marvic
Visitante
marvic

meu pai morreu quando eu tinha 11 anos e nossa ultima conversa na verdade foi uma discussão pq eu não queria estudar…

Sickolol
Visitante
Sickolol

Moral da história: estude

marvic
Visitante
marvic

eu saquei essa moral na época, hoje ainda estou na graduação mas pretendo ter mestrado

toxa
Visitante
toxa

mesma coisa aqui, a diferença foi que eu tinha 10

Helena
Visitante
Helena

Meus pais são separados desde que nasci, meu pai tem outra mulher atualmente e uma condição financeira boa, nunca ajudou minha mãe com pensão, nunca me ajudou com estudos, dinheiro pra roupas, formatura e etc, ele vem me ver quando lembra que eu existo, ultima vez ele ficou quatro meses sem aparecer, esqueceu meu aniversario e não sabe quantos anos eu tenho. Ele só descobriu que entrei na faculdade e que consegui um emprego porque postei no facebook, pois eu não tenho o numero do telefone dele, por algum motivo ele vive mudando. Esse é meu pai de sangue, ai… Read more »

Sickolol
Visitante
Sickolol

Pelo que li você tem só um pai e ele é o suficiente para que você não precise pensar em ter outro 🙂

Lukinho
Visitante
Lukinho

meu pai é o Darth Vader 🙁

Ricardo Magalhães Ribeiro
Visitante
Ricardo Magalhães Ribeiro

meu pai sempre foi absurdamente ausente. pagava a pensão, e era isso. somado á isso tinha uma profunda falta de bom senso. uma vez em que eu não pude comer nada por cerca de 20 dias, ele foi lá e abriu uma ruffles na minha frente e uma coca (eu tinha meus 12 anos, se pudesse comeria só isso naquela época). me via 3 vezes no ano e quando via queria criticar o meu cabelão, já até deixou a namorada dele falar na minha frente que eu não seria ninguém pelo cabelo. quando me interessei em cursar astronomia, ele criticou,… Read more »

Batêmá
Visitante
Batêmá

Meu pai faleceu quando eu tinha 12 anos e eu nao tive uma ultima conversa com ele

Gabriel Gianini
Visitante
Gabriel Gianini

EU não tenho nenhum problema.. Sinceramente, nenhum mesmo.

Uan Ap
Visitante

Não vou falar coisas tristes nem do meu pai. Vou só elogiar a camiseta, que tá fazendo meu bolso coçar.

Mauro Lúcio Martins Marques
Visitante
Mauro Lúcio Martins Marques

Minha mãe se separou do meu pai biológico quando eu tinha um ano. Até sem comida nos ficamos nesse período. E depois de um certo tempo, ela conheceu o atual companheiro dela. Desde um ano de idade ele sustenta a casa. A palavra é bem essa, ele paga parte das contas (a outra parte sou eu), e fica aqui um pouco e vê minha irmã, meu sobrinho filho do meu outro irmão (meio irmãos, são filhos dele com minha mãe, termo técnico só) pergunta se minha mãe precisa de algo e volta pra esposa dele. Sim, ele é casado e… Read more »

Mayara Tressoldi
Visitante
Mayara Tressoldi

Eu e meu pai sempre tivemos uma relação complicada, ele me visitava uma vez por ano, e sempre que aparecia estava bêbado. Por muito tempo tive muita mágoa pela ausência, tanto física quanto financeira, pois minha mãe tinha que se matar em dois empregos pra criar três filhos sozinha. Quando tinha 18 anos e fazia 3 que não nos víamos, resolvi procurá-lo pq queria tentar uma aproximação, deixar qualquer sentimento de mágoa de lado. Quando fui buscar notícias dele, descobri que ele havia falecido há uns 2 anos em uma briga de bar. Hoje de alguma maneira eu entendo a… Read more »

Gabriel
Visitante
Gabriel

Meus pais são separados há 3 anos, tenho 17. Na minha infância ele sempre esteve presente e meus pais não brigavam muito, não me faltava nada. Agora ele foi embora, não me deu ao menos um adeus no dia. Sai comigo algumas vezes e tenta preencher a falta que faz me comprando coisas… não me paga pensão, tem outra mulher e ilude minha mãe dizendo que vai voltar pra casa, consequentemente isso causa muitas discussões entre minha mãe e eu… Ultimamente ele tem sido uma pessoa diferente, pior, não atende ligações, não me chama pra sair e não dá a… Read more »

Marrocos
Visitante
Marrocos

Apesar de problemas pregressos na família, durante a infância eu gostava do meu pai. O achava legal e bom companheiro. Se eu soubesse naquela época dos abusos que ele cometia contra minha mãe e irmã certamente pensaria diferente, mas ninguém me contava nada, então eu simplesmente gostava dele como qualquer outro filho. Ele jogava videogame comigo, me tratava bem, e apesar das ocasionais palmadas e gritos, era um cara legal comigo, talvez por ser seu único filho homem. Quando tinha sete anos ele foi preso por estuprar minha irmã mais velha. Passou sete anos na cadeia. Quando saiu, eu já… Read more »

Bruno Godinho
Visitante
Bruno Godinho

Meu pai morreu tem pouco mais de 5 meses. Nossa relação nunca foi das mais fáceis. Ele sofria de transtorno bipolar e era obeso. Somadas as duas condições o resultado era uma condição psicológica frágil e instável. Ele e minha mãe se separaram quando eu tinha 12 anos, mas ele jamais deixou de me amar e ser presente, felizmente. No entanto, o quadro psiquiátrico/psicológico dele fez o tempo que moramos juntos (pouco mais de 5 anos, até ele adoecer) ser de altos e baixos. Muitas vezes, como diziam inúmeros parentes meus, eu era mais pai dele que ele meu. Eu… Read more »

Eric
Visitante
Eric

Problema clássico, pais separados desde que nem lembro ( o que no caso eu acho uma vantagem por não ter sofrido com o termino deles) alcoólatra e que não estava presente na minha infancia (mesmo eu tendo ido morar com ele) e que jura que foi o melhor pai do mundo mas claro que não falo que não pra não magoar ele.

NeoZephyros
Visitante
NeoZephyros

O meu pai se separou da minha mãe quando eu tinha uns 4 ou 5 anos e foi morar em outra cidade(Hoje tenho 25 anos). Desde então eu só o vi pessoalmente umas 5 vezes. Pensão também era algo raro(Acho quer recebi qualquer tipo de ajuda dele umas 10 vezes). Quando eu tinha por volta dos 10 anos, ele pela primeira e ultima vez, foi até o bairro onde a gente morava, mas em vez dele ir na casa onde a gente morava nos ver, ele foi para um bar que ele frequentava. Eu que tive que ir até esse… Read more »

Rafael
Visitante
Rafael

Em 2012 briguei com meu pai, era época de provas e eu ficava jogando no PC com um amigo, certo dia ele pegou pesado no meu pé, ele sempre foi meio rústico, queria me mandar pra fora de casa e talz, naquele dia fui dormir nos meus avós, estava mais bravo com o jeito dele falar/brigar doque com a briga em si, fiquei 2 semana sem FALAR ABSOLUTAMENTE NADA com ele, até hoje nossa relação ta um cocô, eu só fui abraçar ele denovo 1 ano e meio depois, e falar “eu te amo” ta sendo tortura, sei que gosto… Read more »

Gabriel
Visitante
Gabriel

Meu pai hoje ta no caribe passando o dias dos pais com sua nova familia porque era sonho da sua namorada conhecer o caribe, desde que ele conheceu sua namorada que ja faz uns 7 anos meu pai mudou da agua pro vinho praticamente abandono seus 2 filhos de sangue e adotou outros dois filhos mais novos…hoje tenho 20 anos e a 7 eu vivo com um pai que so ajuda financeiramente mais que nao sabe mais oq é dar amor pra um filho…muito dificil viver vendo seu pai da amor pra outra pessoa e te olhar apenas como um… Read more »

Gilson Fernandes
Visitante
Gilson Fernandes

Meu pai sempre foi um agressor fdp. Só descobri com 16 anos, quando minha mãe não conseguiu esconder mais. Ela tinha medo de crescermos sem família como ela. E por isso tentou agüentar pra nos preservar. Ao descobrir virei um bicho. Sai na porrada com ele. Ele até precisou fazer uma cirurgia na batata da perna devido a pancadaria. Depois disso a relação ficou um cu, mas tentei reatar e ajudar a que eles ficassem bem. Mas o instinto fdp dele n deixou. Entre alguns episódios de xingamentos e brigas constantes, chegamos ao ponto dele perseguir minha irmã e ela… Read more »

labrubs
Visitante

Caramba, muita história parecida. Meu pai biológico deixou minha mãe antes de eu nascer, e fui criada pelos meus avós até que minha mãe se casou com meu padrasto (eu tinha 5 anos). Passei uma infância excelente, e quando completei 12, meus avós se separaram (por traição do meu avô) e me senti muito abalada. Meu pai biológico frequentemente gostava de aparecer e querer participar da minha vida, mas se ausentava logo em seguida. Ele tinha costume de me cobrar um carinho inexistente, e até hoje ele ressurge das trevas, mas finjo não me importar com ele. Minha avó entrou… Read more »

Yuri Cifuentes
Visitante
Yuri Cifuentes

Seu padrasto disse que ia se matar no banheiro por tirar o cabo do seu computador? Não entendi direito esta parte.. Aliás não sei se você se refere à seu padrasto ou à seu pai biológico na história, não fica claro o suficiente para eu ter certeza que é sobre o padrasto.

Amanda Gomes Goulart
Visitante
Amanda Gomes Goulart

Fiquei com a mesma duvida, mas creio que ela se refere ao padrasto já que não disse que o pai voltou pra casa.

labrubs
Visitante

haha, desculpa pela descontinuação na narração. Estou falando o tempo todo do meu padrasto. Não tenho contato com meu pai biológico.

E, como eu disse, não me lembro do motivo que levou ao episódio do banheiro 😛 mas era algo bem banal.

Pedro Nunes
Visitante
Pedro Nunes

Quando criança era muito próximo do meu pai. Assistíamos TV juntos, passeavamos juntos e etc. Quando eu tinha 7 anos de idade ele se separou da minha mae. Devido a proximidade, entrei em depressão, fui mal na escola, emagreci muito, enfim, fiquei muito triste. Quando ele se separou, ficou mais de um ano sem dar notícias e aparecer. Quando ele apareceu, dava uma “pensão” de 100 reaispor mês. Na época minha mae teve que voltar a trabalhar e junto com a minha irma mais velha, na época com 16 anos mantiveram a casa. Quando eu tinha 10 anos, meu pai… Read more »

Gregório de Matos
Visitante

Parabéns Pedro! Muito legal sua atitude de conseguir superar esses problemas todos.

suh.
Visitante
suh.

Meu pai saiu de casa numa madrugada para morar com uma namorada (minha babá e melhor amiga de mamãe), não avisou nada, só deixou os papeis do divórcio na cama e levou as coisas dele. Foi a pior madrugada da minha vida. Ele estava doente de paixão, irracional, não lembrava que tinha mulher e filhos, não sei que doença ele teve na época. Um ano após o episódio, voltou para casa e fingiu que nada nunca aconteceu, essa parte da minha infância virou um assunto proibido. Hoje, ele é um pai e um marido maravilhoso, amoroso, me apoia em tudo,… Read more »

poliana patricia
Visitante
poliana patricia

Meu pai é a melhor pessoa que eu conheço, nunca vi ele falar mal de alguém, sempre respeitou as escolhas e opiniõesminhas e do meu irmão. É generoso, carinhoso conosco em casa e com as demais pessoas. E sempre, sempre posso contar com o apoio dele. Quando eu nasci tive bronquite alérgica, meu pai me levou em um médico de sua confiança e ele lhe disse que se continuasse a fumar ele deveria evitar de me pegar no colo (meu pai fumava dois maços de cigarro por dia) desde essa tarde ele não fumou mais, isso tem 23 anos. Não… Read more »

Daniel
Visitante
Daniel

Bom, eu sou realmente indiferente quanto ao meu pai, quando eu tinha apenas 2 anos minha mãe se separou de meu pai e ambos mudaram de cidade criando uma certa distância, até os meus 5 anos de idade meu pai era “quase presente”, por conta dele trabalhar no bairro em que eu morava, mesmo que sua casa fosse a dezenas de quilômetros nos viamos com uma certa frequencia, mas visitas rápidas, apenas um oi, ou uma conversa de alguns poucos minutos, e vezes, me levava até sua casa para passar um final de semana ou outro, mas em geral, não… Read more »

Mr. Nobody
Visitante
Mr. Nobody

A maior magoa é ele nunca ter me ensinado a dirigir. Hoje eu dirijo melhor que ele e nem terminei de tirar a carteira ainda. Mas enfim, fora isso, tem o fato de ele ser um escroto dentro de casa, viver emburrado, nunca se pode falar com ele sem o medo de levar uma patada, mas com TODO o resto do mundo ele é a miss simpatia, faz de tudo para agradar os outros. Ele trata a caixa do mercado melhor que minha mãe, e isso me deixa muito puto, levando ao meu afastamento dele. A gente mora junto, eu,… Read more »

Carlos Calaca
Visitante

Acontece quase o mesmo comigo, meu pai é uma contradição, trai minha mãe, mas “ama” (altamente questionável) ela, sofre quando ela briga com ele, da presentes, até sorri mais quando está as pazes. Comigo e com o meu irmão, apesar de morar na mesma casa, nunca foi meu modelo a ser seguido, mas nunca deixou nada faltar em casa, até nos piores momentos ele deu um jeito, mas enquanto pai, é minimo. Minha mãe diz que ele se afasta pra que nós (filhos) não soframos com a morte dele, muito provavelmente causado pela morte prematura do pai dele.

Camila
Visitante
Camila

Meu pai me espancava!

Gregório de Matos
Visitante

Bom, gostei desse post por 2 motivos: 1- Envolve os leitores do LOL através do âmbito sentimental. 2- Insentiva ás pessoas comparilharem das suas mágoas e ajudarem-se mutuamente. Bom, o meu caso é bem simples e curto, mas não menos problematico: Meu pai não viveu perto de mim ate meus 10 anos mais ou menos. A partir dessa data ele começou a mandar dinheiro pra me ajudar. Aos 18, eu me converti em Vaishnava (Hare Krishna) e me tornei vegetariano, e um ano depois ele se converteu em Cristão, agora ele não me aceita por ser dessa religião, e não… Read more »

Capitu, Cigana Obliqua
Visitante
Capitu, Cigana Obliqua

Um Vaishnava, que interessante. Eu me converti ao Hinduísmo em 2012.

Gregório de Matos
Visitante

Hummm, e qual a linha que você segue ? Qual o Mestre (acarya) ?

Michele
Visitante

Meus pais se separaram quando eu tinha seis anos e logo depois meu pai começou a namorar. Ele foi se tornando mais ausente, até a época em que eu o via quando muito uma vez por mês. Sempre deu pensão – pois essa era descontada diretamente do salário dele. Com 13 anos, minha mãe faleceu e eu fui forçada a morar com ele, a esposa, o filho dela e os dois filhos deles. Foram cinco anos infernais, onde ele nunca abriu a boca para falar nada sobre o abuso emocional que passei. A esposa dele chegou ao cúmulo de trancar… Read more »

Gustavo Germano
Visitante
Gustavo Germano

Meu problema não é com meu pai, o meu “problema” é eu ser pai e não ter contato direto com ele, pois não sou casado com mãe do meu filho e isso dificulta a minha presença.Mas faço o meu melhor e possível perante a isso. Pessoas acham que é falta de interesse meu em participar dos momentos dele, mas vem sendo difícil da minha parte…

Linus Torwalds
Visitante
Linus Torwalds

Não conheço meu pai biológico, e não pretendo conhecer. Ele foi embora quando descobriu que minha mãe estava grávida, ainda grávida ela conheceu o meu “pai de verdade”, e ele é simplesmente, a melhor coisa que existe na minha vida, sempre que eu preciso ele está la para me ajudar.

Marcelo Lopes
Visitante
Marcelo Lopes

Meu pai só é um alcoolatra inveterado desde os 13 anos dele, isso pq ele tem 84 e bebe até hoje. Já me fez passar todo tipo de vergonha (inclusive tentar me bater por pedir cinco centavos pra comprar chicletes) e raiva nesses meus quase 30 anos. Ele sempre cobrou uma postura muito correta de todo mundo aqui em casa sendo que ele nunca foi nada do que ele prega; ele diz que cerveja é coisa de vagabundo mas bebe cachaça ao ponto de cair na rua, acha ruim de eu trazer namorada pra casa mas nunca teve problemas em… Read more »

Isis
Visitante
Isis

Não gosto de generalizações, mas realmente acredito que esse “normal” que todos desejamos não existe. Minha história é parecida com a sua e as poucas pessoas que conheço e tenho liberdade de falar sobre isso também tem histórias semelhantes. Meu pai tinha um bom cargo em uma boa empresa, só pagava água, luz, telefone, IPTU e uma compra mensal, escondia no trabalho os contracheques e quaisquer papéis do banco. Não viajávamos, minha mãe trabalhava muito para pagar escola para 3 filhas, material escolar, uniforme, roupa, lanches, remédios, presente de aniversário etc. Juntava dinheiro o ano todo pra comprar roupa nova… Read more »

Vinícius Teles
Visitante
Vinícius Teles

Cara, sai desse buraco e leva sua mãe! Por
favor.

Arcos da lapa™
Visitante
Arcos da lapa™

Eu finjo pra todos os meus amigos que eu tenho um pai legal, inclusive na internet, mas na verdade ele é o motivo de muitas das minhas tristezas. 15 aniversários sem a presença dele. ser obrigado a amadurecer com 12 anos porque não tinha escolha. ir pra competições de judo, e voltar pra casa com uma medalha na mão e encontrar uma casa vazia, sem ninguém pra te dar parabéns porque minha mãe trabalhava até tarde pra gente conseguir comer. acho que é por isso que eu tenho tanto afeto pela Maria (meu cão), porque mal ou bem ela tá… Read more »

mlkao jovial
Visitante
mlkao jovial

sempre que eu travava numa parte do resident evil 2 meu pai me fazia chupar o pau dele antes de passar de fase pra mim

Georgia
Visitante
Georgia

Não conheci meu pai, ele não quis nem saber de mim. Mas pelos depoimentos vistos aqui eu tive foi sorte.

Giuliana
Visitante
Giuliana

Desde a morte da minha mãe a cinco anos, meu pai se tornou extremamente obsessivo por mim a ponto de desejar o meu mal para que eu fique perto dele. A convivência é simplesmente insustentável, eu passo a maioria dos dias ignorando ele e só fazendo as coisas de casa fingindo que moro sozinha. Vivo reprimindo raiva e mágoas. E é como alguns relataram que não basta nada o pai fornecer uma condição financeira boa se faz do nosso psicológico um inferno.

Giuliana
Visitante
Giuliana

O dia foi dos pais mas quem ganhou desgosto fui eu

Vinícius Teles
Visitante
Vinícius Teles

A minha relação e a dos meus irmãos com o velho sempre foi muito difícil, (ele nós espancava quando pequenos e só parou quando o meu irmão mais velho passou a enfrenta-lo, nós trancava em casa sem comida, chantagens emocionais, machismo, entre outras dissimulações) mas até ai, nada que o nosso desprezo eterno não fosse solução. Até quando por uma serie de problemas financeiros ele me tirou da escola e se separou da minha mãe, isso desencadeou uma serie de eventos que me fez descobrir que ele era um dos maiores filhos da puta sem coração habitando sobre esse planeta.… Read more »

Alcioli Galdino Jr
Visitante
Alcioli Galdino Jr

Meu pai foi abandonado pelo meu avô, minha avó segurou a barra com 11 filhos. Acho que por isso ele foi um bom Pai (não vou mentir que discuti pouquíssimas vezes com ele, família é assim mesmo). Ele me fez ser o Pai que sou hoje.

Dark_Inkubus
Visitante
Dark_Inkubus

Sério cara, é triste ver que tantas pessoas tem tantos problemas com seus pais.
Meu pai, ao menos ao meu ver, é um cara ótimo, o único problema é que atualmente ele está com um problema cerebral, que faz com que ele venha a ter convulsões, e segundo o neurologista, não tem o que possamos fazer ! =´(
Pra mim é triste ver um cara que sempre, para tudo que eu precisei e preciso, esteve lá para me ajudar. Se eu sou um bom pai, devo tudo isso a ele ! =´)

Nero de Lyon
Visitante
Nero de Lyon

Meu pai é presidente de certo partido político na região centro-oeste do estado de São Paulo, ele sequer telefona no meu aniversário ou natal desde meus 5 anos, não paga pensão também, apesar de ter dinheiro. Até tentei falar com ele algumas vezes, mas ele sempre trocava o número do celular, cheguei por um tempo conversar com minha irmã por parte de pai, mas depois de ele saber, ele trocou o celular dela fazendo perdermos contato.

Emanuel
Visitante
Emanuel

Meu pai sempre me tratou bem e mesmo sendo um tanto quanto ausente, gostava dele e tinha sua ausência suprida por outras pessoas. Quando tinha 10 anos (atualmente tenho 17) minha avó que era uma segunda mãe teve câncer e veio a falecer. Nesse episódio minha mãe ficou extremamente abalada e depressiva e o que ele fez, ao invés de prestar apoio foi sair um dia e não aparecer mais. Eu estava em uma casa com uma irmã de 6 anos de idade e uma mãe depressiva com dificuldades financeiras. Eu tentava manter a ordem da maneira que uma pessoa… Read more »