Mãe de verdade ensina a filha que é errado colar no ENEM

A mãe que denunciou a filha por pedir ajuda pelo celular para fazer a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), domingo, em Sorocaba, disse nesta segunda-feira, 5, que não se arrepende. “Eu não queria, de forma alguma, prejudicar a minha filha, mas eu não acho certo o que ela fez”, justificou. Durante mais de uma hora, Maria Lúcia Diniz Abdalla e a filha trocaram mensagens, enquanto a garota fazia a prova. Embora tivesse feito menção de ajudá-la, a mãe procurou os responsáveis pela aplicação do exame e alertou sobre a irregularidade cometida pela filha. A garota de 17 anos, que fazia a prova como treineira, foi localizada e eliminada.

 

A estudante fez o primeiro contato com a mãe, através de mensagem ao celular, às 14h11. Ela passou um endereço de internet citado em uma das questões de português e pediu à mãe que fizesse o acesso para ajudá-la na resposta. Também perguntou o significado de mediana, em matemática, e citou o tema da redação. Num dos trechos da conversa virtual, que seguiu até as 15h06, a mãe afirma: “Vou te ajudar a conseguir uma nota boa.” A filha responde: “Vou mandar o site de port (português) e o começo da pergunta.” A seguir, a jovem posta: “Arquipélagos pt a pintura e o poema.” A mãe responde: “A tia cris vai te ajudar, fique aí.”

 

Leia a notícia toda aqui

loading...