Essencial Biblioteca da Formidabilidade – Fahrenheit 451

 

 

 

Ray Bradbury, que, por sinal, morreu esse ano, foi um dos mais conhecidos autores americanos do século passado. Escreveu mistério, horror, fantasia e, principalmente, ficção científica. Autor do fantástico Crônicas Marcianas, Bradbury é melhor celebrado pelo fantástico Fahrenheit 451.

 

Em um futuro distópico os livros são proibidos. Todo e qualquer livro. A simples posse de um deles pode levar à prisão, ou pior. O governo repressor emprega bombeiros que ATEAM fogo a fim de policiar e destruir os livros encontrados. As pessoas vivem vidas vazias, cercadas por TVs (que se tornam suas famílias), sem imaginação ou ideias. A literatura, há muito perdida, é preservada por poucos apreciadores que se marginalizam da sociedade e passam as histórias em forma oral. A história segue Montag, um desses bombeiros, e sua descoberta de um outro lado da vida.

 

111620907_1gg

 

Embora tenha sido escrito na década de 1950, Fahrenheit 451 é extremamente atual. Fala de um futuro onde os livros estão sendo esquecidos, deixados de lado, e as pessoas perderam o contato com a vida social e o mundo real, substituindo-os pela companhia de televisões e famílias virtuais.

Familiar?

Recomendo com vigor de uma MANGUEIRA QUE EXPELE FOGO!

Compre aqui !

 

De nada

loading...