Hoje de manhã, em Nazaré, Portugal, um surfista esteve muito feliz

Clique para ampliar

7 comentários

Mestres da computação gráfica

1 comentário

Reencontro de dois velhos amigos

Na Rússia, um veterano da Segunda Guerra encontra o blindado em que passou toda a guerra transformado em monumento em uma pequena cidade.

 

 

Veja tudo

11 comentários

História de formidabilidade do dia

Por alguma razão isso só veio à tona agora, mas essa história que rolou em dezembro passado é FORMIDÁVEL!

No dia 2, em uma corrida de cross-country na Espanha, o atleta espanhol, Ivan Fernandez Anaya, passou toda a corrida atrás de Abel Mutai, um atleta queniano medalhista de bronze nas Olimpíadas de Londres.

A 10 metros da chegada Mutai se confundiu com alguma sinalização e achou que tivesse terminado a corrida. Parou de correr. As pessoas começaram a gritar para que ele continuasse a correr mas, como ele não fala espanhol, ele ficou confuso. Anaya, que vinha correndo em segundo, alcançou o atleta queniano e, ao invés de continuar a correr e chegar em primeiro, o alertou de seu erro e o guiou, correndo em segundo lugar, até a linha de chegada.

 

 

 

 

 

18 comentários

E você se achando macho por andar na sua moto por aí

1 comentário

Pai solteiro

9 comentários

Que Panicat o que … isso é que era mulher

14 comentários

Mais quadrinhos de extremo teor doentio

23 comentários

Setups fodarásticos

  Veja tudo

38 comentários

Pai contrata assassino virtual para matar o filho em jogo online para fazê-lo ir conseguir um EMPREGO!

 

Um homem na China contratou ”assassinos virtuais” para caçar o seu filho em jogos online e matar o seu avatar.

O pai chinês, identificado apenas como sr. Feng por um blog especializado em games, estava preocupado com a quantidade de tempo que seu filho desempregado de 23 anos estava passando na internet.

Xiao Feng, de 23 anos, começou a jogar games online quando ainda estava na escola secundária e se tornou um ás em diversos jogos.

Mas o hábito de passar horas jogando games era um tema de tensões com seu pai desde a sua época de colégio, porque suas notas eram muito baixas.

Mais tarde, a insatisfação do pai só se intensificou, uma vez que o jovem não conseguia se firmar em nenhum emprego, supostamente devido ao seu vício em games.

Ação extrema

O pai do jovem disse acreditar que a contratação dos ”assassinos virtuais” seria uma forma de impedir que seu filho passasse o dia jogando games online.

Seu filho suspeitou e perguntou a um dos ”assassinos” o motivo de eles sempre tomá-lo como alvo.

 

Leia o resto

10 comentários