Cadeirante cansa de esperar pela ação do governo e constrói, ele mesmo, uma rampa de acesso a órgão público

 

Indignado com a falta de acessibilidade em Juína , cidade a 737 km de Cuiabá , o deficiente físico Samuel Nobile de Oliveira, de 41 anos, decidiu construir por conta própria uma rampa de acesso ao prédio da secretaria municipal de Saúde. Com um balde cheio de massa de cimento, que levou de casa, algumas madeiras e pedras, o morador foi para a frente do órgão, na tarde de segunda-feira (24), e declarou que não quer mais sofrer constrangimentos. “Não aguento mais passar por isso e estou cansado de esperar pelo poder público. Por isso tomei a iniciativa e não quero mais esperar”, disse.

 

Leia tudo aqui