Um homem de Tombstone, EUA, foi preso nessa quarta-feira após autoridades terem encontrado o corpo em decomposição de uma mulher, que acredita-se ser sua mãe, em sua casa.

O departamento de polícia recebeu uma ligação para fazer uma checagem higiênica na casa de Jill Fattig, a mãe de 68 anos, disse o xerife Billy Clouds.

Um policial foi até a casa mas, como ninguém respondeu, decidiu interrogar o filho da mulher, Timothy Fattig, 34 anos, que disse que a mãe estava internada em um hospital em Tucson.

Ao investigar a policial descobriu que a senhora Fattig estava morta há 1 ano. Com um mandado de busca a polícia encontrou seus restos mortais dentro da casa.

Após ser preso por homicídio por negligência Timothy Fattig declarou que ao descobrir a morte da mãe ficou tão triste que não teve coragem de chamar as autoridades.

Fattig é escritor e historiador. De acordo com seu perfil no Facebook ele trabalha para a Desert Screams Productions, especializada em filmes de terror.

 

Via Arizona Daily Star

Criador de filmes de terror guarda a mãe morta dentro de casa

Categoria: Notícias
47

47 comentários

Deixe uma resposta