Olá!

Essa semana a coluna é voltada ao público feminino (todas as sete que me seguem no twitter). Cansei de ouvir minhas doces barregãs gemerem às lágrimas ao meu ouvido “Como você pode ser tão bom assim?”. O que me diz duas coisas: (1) O de sempre – sou um deus sexual; e (2) Há uma minoria (cada vez mais diminuta) de mulheres que ainda não dormiu comigo que não descobriu o verdadeiro e ilimitado sabor do prazer.

Então, desta vez, vou instruir as senhoritas em como agarrar o seu próprio transão.

“Orgasmos, aí vamos nós!”

Infelizmente, para algumas de vocês, transar é como ir ao dentista. Você deita sobre um divã e alguém enfia alguma coisa incômoda na goela. Você passa a maior parte do tempo tentando deduzir o que é que está fazendo tantos barulhos esquisitos e torcendo para que tudo termine o mais rápido possível. A diferença é que no dentista demora. E dói. (Além do fato de que o dentista pede para você cuspir, enquanto seu parceiro implora para que você engula).

Os perigos de estar em uma relação com um rapaz que ainda não atingiu a maturidade transadora são muitos. Você pode acabar se acostumando à mesmice carnal – não se engane, se ele segue a rotina de lamber sua delicada vagina como um tamanduá assustado durante alguns minutos para em seguida culminar em flamejantes 30 segundos de semi-penetração desengonçada, isso não faz dele um gênio olimpiano do prazer (realmente não se engane: ele já tem terminado nos primeiros 15 segundos, o tempo extra é um esforço que ele faz porque ele te ama – ou por vergonha).
As chances são de que se este for seu caso, você ainda não descobriu metade das possibilidades orgásticas do seu corpo. E é por isto que você precisa de um transão.
Primeiramente, vamos à dica fundamental.

Como reconhecer um transão

 

  • Ele lê essa coluna;
  • Ele é um cara legal. Você se sente misteriosamente compelida a entrar na fila de mulheres que se forma a sua frente;
  • Ele não se assusta quando você olha pra ele. Pelo contrário, você consegue se imaginar montada sobre ele no banheiro do recinto e sente mini-orgasmos a cada piscar de olhos;
  • De alguma maneira, todas as suas amigas já o conhecem;
  • Em vez de proibir seus encontros com o rapaz, seu pai observa e faz anotações de como agir;
  • Faça um teste. Pergunte-lhe o que ele prefere: num ônibus, uma gostosa em pé a sua frente, ou uma linda mulher sentada a seu lado. Se ele for mesmo um transão, ele dará a resposta correta. Que é lamber o seu pescoço;
  • Ele está entre as suas pernas agora. (neste caso, pare de ler. Vá dar para ele e volte em uma semana).

 

Mulheres, ao detectar um transão, seu objetivo se torna imediatamente competir com todas as fêmeas no ambiente para poder tê-lo dentro de si. Uma dica astuta é fazer alianças com as outras para aumentar suas chances.

Uma ótima tática para chamar a atenção do transão. (Mas fique alerta, dentre todos que estiverem olhando, ele será o que está apreciando a cena elegantemente, em contrapartida à turba de senhores com as mãos dentro das calças)

 

Quando na companhia de um verdadeiro mestre transador, você notará a diferença em relação aos garotos que já passaram pelo seu belo corpo, esteja preparada para satisfatórias horas de diversão nudista. A descrição geral que recebo de minhas amantes quanto a minhas proezas ereto-fálicas é de que o sexo não poderia ser melhor nem se meu pau fosse um hambúrguer cravejado de diamantes e suas vaginas fossem mendigos famintos e bem depilados.

Porém, se esta não é a sua condição atual, a culpa pode não ser apenas do marmanjo roçando na sua virilha e babando na sua cara. Se você já se afeiçoou de um espécime inábil nas façanhas entre quatro paredes e não quer ter que aguardar os 15 minutos ao ar livre necessários para arrumar outro, procure você mesma transformá-lo num polivalente transador!

Mostre que ele só precisa ter frescura sob os lençóis (lençóis?) quando estiver fazendo doce amor com a mãe. Que você quer um homem de verdade, que lhe deixe roxa e balbuciante a cada estocada.

Na cama, sinta-se a vontade para falar dos seus relacionamentos passados. Atice-o com histórias intoxicantes de paixão com outros homens, use a competitividade natural masculina a seu favor. Faça do seu glamoroso receptáculo um troféu. E não se sinta acanhada em incentivá-lo vez por outra com um tapinha orgulhoso atrás das bolas. Exija ser saciada das mais variadas maneiras, em vez de deixar-se ser sumariamente estuprada uma vez por semana. Faça do seu homem um vibrador multi-função para você e suas amigas.

Largue seu manual de 139 dicas infalíveis de como dar prazer a seu parceiro sem precisar acordar e faça-se livre para extrapolar sua imaginação.

”As tardes com o transão são sempre cheias de surpresas”.

Diários de um Transão #6 – Transão para mulheres: Como agarrar um transão

Categoria: Diários de um Transão
49

49 comentários

  • sério que tem gente que lê essa sessão do lol? Até a buceta da mãe e o cu do pai do sicko são mais interessantes..

  • Excelente!
    Finalmente assumindo esse lado mais comédia…

  • Essa é uma série ficcional onde o autor escreve seus desejos internos. Vai ver é o gordo granudo por detrás disso.

  • "Além do fato de que o dentista pede para você cuspir, enquanto seu parceiro implora para que você engula" rachei o bico!

  • kkkkkkk agora sim manolo ta ficando bom. Eu acho que o sicko demitiu o antigo transão e contratou outro. Pq esse tá bem melhor.

  • Fraco

  • quem não gosta dessa coluna, é porque se encaixa nos que veriam a cena com as mãos na calça.

  • Não gosta, não leia! eu to rindo até hoje do nome do cara!

  • Só os verdadeiros TRANSÕES entenderam a graça da coluna
    Apenas nerds e punheiteiros de plantão, em busca de reais dicas para largar a bronha e conhecer uma mulher de verdade ficam irritados e desgostam da sabedoria do Transão. sem mais.

  • quero um casamento.
    alguém se habilita?
    rs

  • Proezas ereto-fálicas foi foda HUAHAHAHAHAHAHAHA

  • nãogostei.

  • Essa coluna é tão ruim que o povo não tá nem mais perdendo o tempo pra comentar, que dirá pra ler só pra falar mal.

  • Ou o Sicko é sexualmente frustrado ou… ele é sexualmente frustrado. Quem sabe foder não precisa sair espalhando pra todo mundo. Eu gostaria de um dia poder te conhecer Sicko, pra realmente comprovar que você não é tudo isso que você se acha.

    • a coluna não eh dele, menina

    • Disse a menina que está comentando essa coluna ao invés de transar! Parabéns, senhora "Não sexualmente frustrada"

  • FODA! Objetivo de vida ser um transão.

  • Nao tinha ngm melhor pra colocar no lugar desse cara ai? Conteudo sempre uma merda. Nada pessoal.

  • Só uma dica: cansei de ler "vagina isso, vagina aquilo, blá blá blá, whiskas shachê" em todo lugar. Se quiser realmente agradar uma mulher e fazer ela rasgar suas calcinhas na velocidade da luz, chame de: VULVA.
    Ela ficará molhada antes de você terminar de proferir a palavra. Nós mulheres, agradecemos.

  • E a nerdaiada segue descontando as suas decepções sexuais no transão…
    Muito boa a coluna espero que continue por um bom tempo.

  • Pseudo-humor cheio de neo-pseudo-trocadalhos a la Agamenom (da turma dos Cassetas)… Nao duvido que seja um deles que esta pseudo-escrevendo para essa pseudo-coluna em busca de uma pseudo-audiencia…

  • Transão, uma pergunta: o que um transão deve fazer quando, numa mesma área de caça, perceber outro transão rondando as mesmas prezas? Supondo que a oferta de caça seja limitada a satisfazer apenas à lascívia de um único transão, como eles devem se comportar? Saudações.

  • me identifico muito.

    haha

  • você é um punheteiro, meu amigo. tuas falas, além de fantasias: são babacas!

  • cara, serio mesmo, essa coluna é muito foda. to morrendo de rir aqui. Que pena que tem gente que não entende…

  • até q é funcional…
    é dificil arrumar homens de vdd hj

  • AI POVO DO PASSADO! só passei pra dizer que 2 anos depois esse texto todo ai continua meio sem graça pá caralho, então já saquem seus investimentos pq a porra toda não vai valorizar não! sem ofensas heuheuheuheuheuheuh

Deixe uma resposta