Primeiramente, gostaria de agradecer ao Sicko pelo convite! Se aceitei essa empreitada, foi justamente por se tratar do LOL, HEHEHE. Lidar com leitores de forma humorada e sem me preocupar com mimimi acadêmico com certeza vai ser uma experiência bacana.
O primeiro tema abordado será Câncer de Próstata, selecionado a partir dos twitts abaixo:

Para começar o assunto, o leitor precisa entender o básico sobre a próstata. Ela é uma glândula exclusiva do sexo masculino, que tem como função principal produzir parte da secreção que forma o sêmem, esperma, ou “porra”, como queiram chamar.

Está situada na base da bexiga, envolvendo a porção inicial da uretra, canal pelo qual passa a urina. A questão do temido toque retal é que através da parede anterior do reto podemos facilmente palpar a próstata, podendo detectar além do seu tamanho, sua consistência, regularidade da superfície e presença de nódulos, dando ao médico uma confiável ideia do seu estado. Vejam o esquema abaixo:

Infelizmente, tudo que fica velho acaba dando defeito. Além de aumentar seu tamanho com a idade, resultando em problemas como retenção ou perda de urina, a próstata pode também dar origem a um câncer, que não só é o segundo mais comum no homem, perdendo apenas para o de pele, mas também o segundo em mortalidade, atrás do câncer de pulmão.

Mas o que é o câncer?

Em medicina utilizamos a palavra “neoplasia” (neo = novo + plasia = formação) para designar, grosseiramente falando, um TUMOR. Isto é, um grupo de células, ou tecido, que foi MODIFICADO devido a sucessivas MUTAÇÕES CELULARES, causada dentre diversos fatores, por ação hormonal, de produtos do metabolismo, e/ou pela ação de substâncias diversas como álcool, tabaco, drogas, componentes presentes na poluição, alimentos, etc.

Essa neoplasia, que é um grupo de células neoformadas, passa a ter um comportamento diferente do que seria esperado de um tecido normal. Tais células crescem indefinidamente, invadem lugares que não deveriam, e ainda podem passar a produzir diversos produtos, como substâncias inflamatórias, hormônios e etc, atrapalhando o funcionamento normal do nosso corpo.

Se tal neoplasia tem crescimento relativamente lento, respeitando limites anatômicos, e sem determinar muitas alterações no paciente, dizemos que ela é uma “neoplasia benigna”, ou “tumor benigno”. Caso ela seja agressiva, se espalhando rapidamente no local, invadindo regiões vizinhas, enviando suas células para outras partes do corpo, e produzindo substâncias danosas ao organismo, dizemos que é uma “neoplasia maligna”, ou “tumor maligno”, ou CÂNCER.

 

Sim, aquela coisinha ali pode te causar muito problema

 

E o Câncer de Próstata?

Cada tipo de câncer tem suas características, e no caso em questão, o principal fator de risco é a idade. As chances aumentam progressivamente após os 50 anos. Para terem ideia, aos 70 anos, cerca de 70% dos homens já tem a doença!

Depois da idade, o fator de risco mais importante é a hereditariedade. Se você tem um parente de primeiro grau com história da doença, suas chances são dobradas. Se tem dois ou mais, suas chances são multiplicadas por cinco. Então, meu amigo, fique esperto! Se tem parentes com a doença, deve começar a prevenção a partir dos 40 anos. Se não tem, o início é a partir dos 45.

 

Acredite, você vai preferir isso

 

Como é feito o diagnóstico e o acompanhamento?

O primeiro passo é a consulta médica, que começa com uma agradável conversa, e que termina com o temido toque retal.

Ao contrário do que dizem, não chega nem perto de ser todo esse sofrimento; normalmente são míseros cinco segundos… (Não dá tempo nem de sofrer e nem de gostar!) Além do papo e do exame físico, o urologista ainda irá solicitar a dosagem do PSA, que é uma substância que aumenta no sangue com a idade e na presença da doença.

Entendam; o toque e a dosagem do PSA se complementam, um não substitui o outro. Se qualquer um apresentar alterações fora do que seria esperado para a idade, o médico indicará a realização ultrassonografia com biópsia, na qual um aparelho de ultrassom será introduzido no ânus, para visualizar melhor o aspecto da próstata e para guiar a retirada de um fragmento para a análise laboratorial.

Se tudo correr bem, o paciente vai pra casa levar uma vida normal, fazendo acompanhamento geralmente a cada ano. Caso ele tenha a infelicidade de ser diagnosticado com câncer ou caso apresente alguma alteração suspeita, será indicada investigação complementar para estudar melhor o caso. A critério médico, poderão ser realizadas radiografias, ressonância nuclear magnética, cintilografia e outros.

Esqueçam o medo, urologistas têm mãos delicadas

Qual o tratamento?

Essa NÃO é a idade para começar a se cuidar

Quanto mais precoce o diagnóstico, maiores as chances de cura. É por isso que batemos tanto na tecla da PREVENÇÃO. Se descoberto nos estágios iniciais, menor será o estrago provocado pela doença, e quanto mais jovem o paciente, melhores serão suas condições de responder ao tratamento, que em geral, é cirúrgico. Sendo assim, o plano terapêutico vai depender do estágio em que se encontra a doença e das condições clínicas do paciente.

Após toda a investigação do caso, se o tumor é restrito à próstata e o paciente tem condições de ser operado, usualmente é indicada a retirada da mesma. O método de escolha é a Prostatectomia Radical, realizada geralmente por via aberta, mas que também pode ser feita por vídeolaparoscopia. Se o paciente não suporta o tratamento cirúrgico e/ou se a doença já está avançada, poderá ser indicada a radioterapia, e em menor frequência, a crioterapia. A primeira tenta destruir o tumor com radiação, e a segunda por congelamento, sendo ambas menos eficazes que a cirurgia convencional.

Nos casos de doença avançada, poderão combinar as modalidades apresentadas, e ainda lançar mão de terapia hormonal, utilizando medicamentos que, a grosso modo, bloqueiam a ação da testosterona e, consequentemente, diminuem o crescimento tumoral. Quanto à quimioterapia, não é muito utilizada devido à sua pouca eficácia nesse tipo de câncer.

Para refletir…

Prevenção é qualidade de vida

Enfim, coloquem uma coisa na cabeça; se você tem próstata, você é candidato! Não adianta correr; NINGUÉM vai escapar de uma dedada ou de um aparelho introduzido no ânus mais cedo ou mais tarde. É a vida, cara! Melhor isso uma vez por ano com saúde e bom humor, do que várias vezes consecutivas seguidas de dor, angústia e de uma notícia pior que a outra. Não deixe que a coisa chegue nesse nível; o tempo do homem ogro acabou, o preconceito nunca esteve tão fora de moda! O bacana hoje em dia é se cuidar, e se não for por você, que seja pela sua família… Lembre-se que a pior dor é aquela que poderia ser evitada!

(Se não fez o que deveria, morreu sabendo! 🙂

Abraços a todos!

 

Quer ver uma coluna sobre sua dúvida? Deixe sua dúvida médica nos comentários ou envie um e-mail para morreusabendo[ARROMBA]gmail.com

Morreu Sabendo – Câncer de próstata

Categoria: Morreu Sabendo
51

51 comentários

  • Já era fã do Meus Nervos, agora então!!!
    Melhor escolha de todas, Sicko!!! Seja bem vindo à família lolhehehe Solon Maia!

    E sobre o exame de próstata!!!
    Homens, deixem de ser enjoadinhos medrosos. O que vocês tem que passar não é nada perto dos exames que as mulheres fazem.

    Quem já fez uma ultrasonografia transvaginal sabe!

  • O Site do Sicko tem a função de ser péssimo. Trazendo a porcaria do meus nervos está conseguindo.

    • Se liga, doidão! Que o câncer de próstata não esteja contigo…

    • A porta da rua é serventia da casa parceiro. Como estamos na internet, é só passar reto do LOL. Opinião como a sua é totalmente inútil e dispensável.

  • Essa afirmação procede?
    "(…)Para terem ideia, aos 70 anos, cerca de 70% dos homens já tem a doença! (…)"

    • Sim. Do mesmo modo que aos 80 anos, todas as pessoas terão divertículos no cólon.

    • Essa informação ficou meio confusa. Muitas pessoas desenvolvem o tumor, mas em vário casos é um tumor benigno. Entretanto, acima, o o autor afirma que câncer é o tumor maligno, então ficou meio confuso.

      Não é tanta gente assim que têm câncer de próstata…

  • Opa, obrigado pelas dicas Solon, como eu falei com o Sicko agora há pouco, eu já tinha consciência desse risco alto que tenho de ter o câncer e quue tenho que fazer o exame pelo menos uns 5 anos mais cedo que o normal, mas o post ficou muito bem explicado, curti pra caramba 😀

  • QUANDO EU FOR FAZER ISSO, JÁ VAI SER A LAISER MANOLO… NADA DE TOQUE!!!
    EU CONHEÇO O SOLON, GENTE FINA. ÓTIMO POST.

  • Parabéns pelo post!

  • Otimo post! Acho que só eh vergonhoso se voce gosta disso secretamente… no demais não tem pq.. exame eh exame e ponto final

  • De um jeito ou de outro, cês vão todos tomar no cú!
    Melhor que seja voluntário!
    http://www.meusnervos.com.br/wp-content/uploads/2… era fã do Meus Nervos, agora então!!!

  • No caso da retirada de um fragmento para análise, ela é feita com anestesia geral?

  • ontem eu fiquei sabendo do resultado de uma pesquisa que apontava que o câncer raramente é hereditário…balela ? http://www.odocumento.com.br/materia.php?id=41824

  • Ae, Sicko/Meus Nervos, conte-nos mais a respeito da infertilidade masculina… Causas, tratamentos, soluções. Agradeço, na moral. Abraços!

  • Ótimo post! Apesar de a maior parte das pessoas frequentarem esse blog em função da putaria e das palhaçadas, é sempre válido abordar assuntos como esse, onde a maioria das pessoas não tem coragem de discutir ou perguntar abertamente, e ficam mal informadas a respeito. Sendo assim, gostaria de deixar uma sugestão para um próximo post. Hepatite C. Tenho certeza que a grande maioria das pessoas aqui adoram tomar umas e outras (ou todas), cagam e andam para o que acontece com o seu fígado. Como a grande maioria dos portadores da doença não sabem que são portadores, e tratando-se de uma doença que pode te levar pro saco, acho que seria legal falar um pouco a respeito.

  • Fiquei com preguiça de ler se alguém já perguntou isso acima: eu toma finasterida todo dia, ouvi dizer q ajuda a diminuir ou previnir o aumento da próstata. Isso procede ou eu tô viajando?

    • Finasterida te deixa broxa. Isso eh certo. Nunca usei, mas conheço quem usou e se fudeu. Em vez de careca com pau duro, está com cabelo e de pau mole. Agora este outro efeito daí eu desconheço.

    • Isso é controverso… Alguns estudos sugerem que a finasterida diminui o risco de câncer de prósta, mas outros dizem que ela faz surgir tumores mais agressivos. Na prática, use finasterida com a indicação médica para outros problemas, calvice, HBP e etc. Esqueça isso relacionado ao câncer, a menos que o médico receite. :L

  • Eu tenho uma dúvida, quando é necessária a retirada da próstata, quais são as consequências/sequelas para o corpo humano, o que causa a ausência da próstata?

    • Retirando a próstata, se não houver complicação alguma, a consequência é a diminuição da quantidade de semen.

  • Excelente! Sou médico tb, e faço anestesia pra muita cirurgia urológica. Quando chega em certos estágios, essa doença é uma merda feia mesmo. Grande alerta! Fiquei mais fã ainda do Solon e do Sicko. Parabéns pela iniciativa. Johnny Ramone, Frank Zappa e Pablo Neruda morreram disso. Nós que somos muito menos espertos, temos a chance de escapar. Desperdiçar essa chance é burrice.

  • Só corrigindo uma informação que está em negrito logo no inicio do texto. Existe sim prostata no sexo feminino, ela não está tão desenvolvida, mas estudos recentes alegam ter relação no equilíbrio hormonal feminino.
    Bom, não é minha área, mas existem grupos que trabalham com isso aqui no Brasil, então não deve ser difícil achar algum artigo.
    Bejunda

  • Na boa, apologia a atos homossexuais, é uma calunia hein sicko, querendo mudar o mundo a seu favor, danadinho.

  • Caralho, coluna FODA! Ficou bem escrita pra caralho, parabéns Solon!

  • Torço para q daqui a 25 anos, quando eu tiver q começar a fazer o exame de próstata, já exista o exame a laser. xD

  • Ótimo post, Sicko.
    Meu vô morreu de câncer de próstata…
    E o foda é que meu pai não faz o exame nem fodendo…ele tem 59 anos, e acha que tá bem. Fico preocupado…

    • Pô, mas se for pra fazer "fodendo", então acho que teu velho tem razão….

      XD

  • Parabéns pelo post. Meu pai morreu com este câncer e quem tem, ainda mais, a maldita da hereditariedade pra ajudar tem que ficar de olho.

  • Fazer uma Prostatectomia Radical aos 50 anos pra "evitar a fadiga" não seria uma boa saída? ou teria algum problema? não gostei muito dos "70% com 70 anos".

    • Retirar a próstata aos 50 é correr um risco desnecessário inerente à toda cirurgia, inclusive de morte Sem mencionar que pode resultar em estenose de uretra, impotência, etc. Eu não acho que vale a pena de jeito nenhum! 🙂

  • Não aguento…Homem é cheio de mimimi…Se vcs sofressem o que a gente sofre com os exames…Se tivessem filhos…Queria ver.

  • Sei que o assunto é sério.
    Mas aqui é o lolhehehe, não deu pra evitar… http://www.youtube.com/watch?v=xHKTE75dgE4

  • GENIAL… parabens manolos.

  • Em relação ao exame de toque, tenho uma dúvida. O toque só alcança uma parta da próstata, não ( uma lateral). Ele não seria, então, apenas parcialmente confiável?

  • Sensacional coluna do LoL…

    Parabens equipe!

  • Belo post. Esse preconceito com um procedimento tão simples é muito besta, é sempre melhor prevenir do que remediar mais tarde. Eu queria saber se a vasectomia interfere nas chances de se ter ou não neoplasia, ou não tem nada a ver?

  • Ta certo.-q

  • Perfeita a forma abordada para esclarecimento Dr. Solon. Preconceito ou machismo, a verdade é que o exame de toque retal ainda é o principal fator de resistência dos homens que deveriam fazer, baseado nesse fato, porque não treinarem mulheres para execução do exame, como médicas de clinica geral e enfermeiras alto-padrão que, com o devido treinamento fariam o diagnóstico facilmente.Se o impedimento é um homem introduzindo o dedo no orifício do outro homem, uma mulher fazer o exame não haveria do que ter medo. Pesquisei entre meus amigos e todos disseram que fariam se fosse com uma médica.
    Acho que uma campanha publicitária bem feita em cima disso, faria com que menos incidência do tão temido câncer de próstata aparecesse.Uma coisa a se pensar Dr.

Deixe uma resposta