Olá caros lolenses, bem-vindos a mais um Papo de Médico. Aqui estou eu, o Dr. D., para iluminar com um pouco de conhecimento a sua véspera de o seu  fim de semana.

Sendo sexta-feira sábado, imagino que muitos de vocês estão na ânsia de encontrar um parceiro ou parceira para se engajarem em fortíssimas e molhadas atividades horizontais. É por isso que o assunto de hoje são as
DSTs.

Caso algum desinformado ainda não saiba, DSTs significa Doenças Sexualmente Transmissíveis. Elas existem aos montes, são extremamente comuns (mais do que você imagina) e estão a espera para esculhambar a sua genitália.

Os grandes fatores de risco para se adquirir uma DST são comportamentais, o simples fato de ser solteiro já é um fator de risco (muita putaria), mas também morar em áreas urbanas (mais putaria), novo parceiro sexual (putaria nova!), contato com profissionais do sexo (putaria paga), uso de drogas ilícitas (putaria chapada), história de DST passada (putaria prévia) e comportamento promíscuo (preciso dizer?).

Genitálias com baixa probabilidade de incidência de DSTs

O mais interessante é que a OMS (Organização Mundial da Saúde) considera promíscua aquela pessoa que teve mais de 3 parceiros sexuais em 1 ano. Então você minha querida que estava locaça no carnaval e deu umazinha, e depois de muito quentão na festa junina deu outra com mais um, e no Natal se agarrou com o primeiro que te ofereceu um presente, receba meus parabéns, a OMS te considera uma vadia.

Existem ainda aqueles considerados grupos de risco. Nos EUA os adolescentes vêm em primeiro lugar, sendo que das 19 milhões de DSTs registradas, metade delas ocorre em jovens entre 15 e 24 anos de idade.

Outro grupo muito exposto ao risco, devido aos hábitos sexuais são os homossexuais do sexo masculino. Como regra geral o passivo está mais exposto às DSTs do que o ativo, especialmente quando falamos de sexo anal. A chance de ser contaminado pelo HIV através da penetração do ânus é aproximadamente 10 vezes maior no passivo do que no ativo devido a facilidade de ocorrem pequenas lesões da mucosa anorretal, o que facilitaria o acesso do vírus à corrente sanguínea. Então bixarada o negócio é camisinha e muito KY pra não machucar a rabiola.

Leave minha rabiola alone!

Não tenho como falar de todas as DSTs que existem, há de tudo, cancroide, sífilis, donovanose, granuloma venéreo, cancro mole, herpes genital. E essas são apenas as que causam úlceras genitais e são mais fáceis de tratar. Em geral, obtêm-se a cura com dessas doenças com antibióticos, mas já relatos de resistência importante de algumas bactérias.

Vírus como a Hepatite B também são considerados DSTs. A Hepatite B apesar de não causar doença genital, é uma das doenças responsáveis pela cirrose hepática e pelo câncer de fígado. Tem sua transmissão principalmente pela via sexual e pode tornar-se uma doença crônica, em torno de 20% dos pacientes com Hepatite B cronificam. Claro que existe um tratamento, mas mais importante ainda, existe vacina. A vacinação contra Hepatite B está no calendário de vacinação do Ministério da Saúde e é obrigatória em recém-nascidos, gestantes e profissionais da área da saúde. Se você ainda não é vacinado procure seu médico.

Outro vírus muito prevalente na população é o HPV (Human Papilloma Virus), é o grande culpado pelo câncer de colo de útero nas moçoilas e condiloma (verrugas genitais). Muito associado ao comportamento promíscuo e ao baixo nível socioeconômico, esta doença é silenciosa e por isso são necessárias visitas anuais ao médico para ser realizado o exame citopatológico de colo uterino, popularmente conhecido como “preventivo”.

Você ao ver a próxima vagina depois de ler essa coluna

Há alguns anos anos surgiu a vacina contra o HPV e ela é recomendada pelo CDC (Center for Disease Control) para mulheres entre 9 e 26 anos de idade, de preferência antes do início da vida sexual, pois assim se tem uma maior chance de que a pessoa ainda não tenha sido exposta ao vírus. Homens entre 9 e 26 anos de idade também podem ser vacinados para a prevenção de verrugas genitais e diminuição da incidência de câncer de pênis (não queiram saber como se trata isso). A vacina contra HPV é tetravalente e previne a infecção pelas duas cepas do vírus que mais causam câncer de colo de útero e as duas que mais causam verrugas, então não adianta falar “Tô vacinado mina, nem precisa de camisinha”.

Hoje considera-se que existe uma epidemia de HIV (Human Immunodeficiency Virus), a OMS estima que 33 milhões de pessoas no mundo estejam infectadas pelo HIV, 2,5 milhões serão infectados no próximo ano e 2,1 milhões morrerão devido ao HIV em 1 ano. Lembrem-se que AIDS (Acquired Immunedeficiency Syndrome) e HIV não são a mesma coisa. O HIV causa a AIDS, mas nem todos portadores de HIV tem AIDS ainda.

Manjou?

Existem muitas vacinas contra o HIV em desenvolvimento, mas nenhuma delas atingiu as metas necessárias para que se possa iniciar testes em escalas maiores. Os laboratórios dizem que a vacina está próxima, mas eu só acredito vendo.

O CDC aprovou esse mês, e a ANVISA registrou em terras tupiniquins, o Truvada, uma nova droga antirretroviral que se usada continuamente por quem se relaciona com pessoas contaminadas por HIV a infecção não acontece. Ou seja, quem toma pode sair passando o rodo sem stress. Por isso ainda estão em definição os protocolos de uso dessa droga, para se definir quem deve toma-la. Ela também é usada pelos infectados como parte do tratamento da AIDS e da infecção pelo HIV.

O meio mais fácil, mais simples e mais barato de se evitar as DSTs é o uso de proteção durante o sexo com a camisinha de látex (também conhecida como condom ou camisa de vênus). Ela evita a contaminação pela maioria das doenças quando utilizada regularmente. Mesmo assim ainda é possível ser contaminado por doenças que afetam apenas a região perineal.

Depois de toda essa conversa a dica que eu dou é a seguinte: se você não ganhou seu pau no bingo e nem achou seu pinto no lixo, plastifique-o antes de entrar em plena atividade com o seu parceiro ou parceira.

Um abraço e um bom fim de semana com muitas safadezas.

Até o próximo Papo de Médico!

Papo de Médico – DSTs

Categoria: Destaque
48

48 comentários

  • "Medico louco e nerd pervertido"

    Trabalha pro governo ?

  • Bem instrutiva!
    kkkkkkkkkkkkkkkkk.. Gostei .. interessante como todos as colunas deste blog.

  • FISTÃO MANOLO…
    O MEU ÚNICO VÍCIO É O LoL

  • Excelente coluna! Melhor colunista do LOL, sem dúvida!

  • Boa matéria.

    Sicko, cadê aquele colunistas que escreve sobre os velhos tempos, o escritor D????

  • Ei Doutor. Gostaria que me respondesse uma dúvida.

    Bater punheta uma ou mais vezes todos os dias pode causar algum problema no pênis? Não que eu faça isso, mas sabe como é né, as vezes estamos meio solitários e… A quem eu estou enganando?! Sou um punhetólatra. Um maldito punhetólatra! 🙁

    Help.

    • posso te ajudar.

      • Aposto que é gozação, mas não custa nada perguntar.

        Como você pode me ajudar?

        • não é gozação.
          me passa seu msn.
          sou menina, ok?!

        • Aí InWoTwiFaOp!!! Se deu bem! Vai tirar a barriga da miséria!

          • esperando resposta…

          • hahahaahaa.
            Não vou cair nessa cilada. Meu problema não é falta de mulher, faço muito sexo. O problema é que mesmo assim ainda me acabo na punheta todo dia.

          • cilada?!

            af.

            ok então.

  • ja sabia da maioria das coisas aí

    mas o que adianta eu saber se nao como ninguém? :/

  • Interessante e divertido… Ri da parte de quem a OMS considera promiscua. kkk

  • Excelente artigo!

  • Usem sempre camisinha, beijos a todos

  • É possível pegar alguma doença através de calcinha ou cueca?

  • Ótima coluna, informa sem ser chato e repetitivo, ancioso pelos próximos post's.

  • me obrigue

  • Qual o risco de me contaminar com outras modalidades de sexo… digo… as não convencionais. Tipo masturbação em conjunto, sexo oral giratório…. É…
    Na real, quero saber se depois de masturbar a prostituta e me mastubar em seguida (sem camisinha, ela falou que podia estar me atrapalhando) eu tenho risco de me contaminar.

    • Masturbar a prostituta é como pagar um motorista pra andar na sua carona.

    • up!
      tbm to querendo saber.

      O texto eh muito bom mas esclarece pouco sobre fazer e receber sexo oral. As putas sempre pedem pra colocar camisinha quando eu vou ganhar um boquete. Entao eu acho que a doença se transmite pelo sexo oral sim. Mas queria uma confirmaçao. E tbm se eu posso ficar doente recebendo um "blowjob" sem usar camisinha ou se o risco eh so delas que estao pagando o boquete.

  • Uma das melhores colunas que eu já li aqui no lol. Acompanharei.

  • ótimo post!!! parabéns
    to tendo aula na infecto esse semestre e é desolador ver a quantidade de jovem com infecção oportunista por causa dessa merda de hiv, sério, usem camisinha negada!!!!

  • Leave minha rabiola alone!

    KKKKKKKKKKKKKKKKK

  • Sou visitante do, lol faz tempinho mas nunca postei comentario, como já passei por uma situaçao contagio de DST venho aqui para descrever o q aconteceu para vcs e conscientizar a tds , maluco, peguei um HPV (crista de galo), na virilha, isso mesmo virilha, nao dispenso o uso de preservativos, porem no ato sexual os "sucos" vaginais escorrem neh! e a virilha é um lugar q rola um atrito e machuca, como foi lesionado a virilha entrou em contato com com os líquidos da "gata" e desenvolveu-se verrugas. Adivinhem como q retira ela? Acido, isso mesmo um Acido fdp, nao desejo as dores que esse acido proporcionam nen para o pior inimigo, passei semanas queimando a minha virilha, o pior nao era queimar, e sim a ferida que aparece na regiao aplicada, dias com a virilha na carne viva, "ai pero pra pensar" e se fosse no penis? por q a região normal para o aparecimento da crista é na glande ou envolta da cabeça do seu instrumento, então fica a dica ai gente, "usem camisinha", por q mesmo usando nao estamos totalmente livres das DST, unica solução é parceiros fixos "dificil isso" mas é o q temos para nos prevenir!! abraço a todos e espero ajudar em alguns casos, e se vc tem uma verruga, ou coisa do gênero, faça como eu procure um medico e trate isso, pois pode virar uma cancer…

    • eu peguei na base do penis, cara. usando camisinha também. puta que pariu
      comi a menina uma vez num carnaval e uns meses depois ela vem me manda um e-mail falando que tá com hpv…
      eu já tava de namorada nova… hoje eu e minha namorada temos, nela já deu umas verruguinhas que teve que tirar com ácido também. em mim não apareceu nada ainda, mas pode aparecer né.
      foda, nem com camisinha a gente tá 100% livre.

  • Doutor, responde minha pergunta. É sério mesmo.

    Bater muita punheta (1 ou mais vezes por dia) faz mal?

  • e o oral?

  • Acho que da próxima vez, seria bom se o dr pudesse fazer um texto falando somente sobre o hpv… a velocidade com que essa doença tem crescido é motivo de preocupação… Disseram que a metade dos homens já está infectada…
    http://migre.me/9xypn

  • Como se trata o câncer de pênis?

  • E as candidiases? como trata essa porcaria?? coça de mais essa merda :

Discuta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *