Ele ficou famoso na internet com um infeliz vídeo. Ganhou fama de louco, satanista e de coisas piores, mas diz que estava doente, que se tratou e que sua verdadeira intenção é ajudar o mundo com sua filosofia de vida e paz. Conheçam Milton, O GUARDIÃO UNIVERSAL.

Fale um pouco sobre você

Nasci em Jordânia, Norte de Minas Gerais, divisa com Bahia. Em 24 de outubro de 1984. Sou um cara que procura viver bem e estar de bem com todos na medida do possível e que procura seguir a risca seus ideais.

Você ficou famoso na internet após um vídeo que retrata um incidente entre você e um morador de sua cidade. Como você se sente sobre isso?

Teve seu lado positivo aquele incidente. Mesmo que no caso eu estava no lugar errado, no dia errado, na hora errada e com a pessoa errada.

httpv://www.youtube.com/watch?v=nGnVEs5rMxM

O vídeo que começou tudo

Tal atitude me levou a consequências desastrosas. Mas não tem como eu voltar atrás em vida. Mas serviu de aprendizado. Com certeza se for se repetir de novo espero estar melhor preparado para que tais situações do tipo sejam evitadas ou transpostas da melhor maneira.

Se arrepende do seu comportamento no vídeo?

Em certo ponto sim e em certo ponto não. Me arrependo porque sobrou pro meu irmão que também foi ferido só por estar me acompanhando. Mas não me arrependo de ter brigado com aquele cara. Pois sabe-se lá o que ele poderia fazer com a mulher e a filha se eu não tivesse feito aquilo com ele.

O nome dele é P. Talvez se eu não tivesse feito aquilo o destino talvez haveria de fazer ele matar sua mulher e filha. Pois quando aconteceu o que aconteceu a mulher acabou o largando e ele acabou tendo mais cuidado com suas atitudes com sua filha, a L. que é amiga minha, mas que hoje já não tenho mais contato com ela.

Eu diria que o que aconteceu com ele foi um mal pra evitar um mal pior a ele e a sua mulher e filha.

Como o vídeo mudou sua vida?

Veio muita gente me procurando no Orkut pra me xingar sem ao menos compreender a situação direito. Sofri até ameaças que felizmente não se cumpriram. Mas até hoje em Paragominas os otários de plantão me zoam de vez em quando.

Mas no inicio do vídeo no Youtube tinha mais gente me zoando. Me vendo com maus olhos também.

A maioria dos evangélicos de Paragominas acha que sou um satanista louco e endemoniado. Como a cidade é interiorana boatos surgiram aos montes sobre minha vida. Até chegaram a dizer que eu era líder de uma seita satânica que colecionava orelhas de suas vitimas em sacrifício.

E chegaram a dizer que eu e minha suposta seita transava com crentezinhas no cemitério.

Eu diria que 20 % do que falam de mim naquela cidade é verdade e o resto é invenção de gente ignorante.

A parte boa é que também teve muita gente que me apoiou tanto no Orkut quanto na minha cidade. Na minha cidade eu diria que 70% era do contra, os outros 30% me apoiava. Olha que estou sendo otimista! Na internet já é mais meio a meio. Pelo menos no meu Orkut. Pois no Youtube só vejo comentários de gente me zoando no vídeo Cabeça de Ferro ou Guardião Universal.

Na época DARK

Você diz que 20% do que diziam a seu respeito era verdade. Que 20% era esse?

Agora entrevista vai ficar boa.

Ele diziam que eu era louco. Sim, falaram a verdade.

Dizem ainda, dizem que sou gay. Falaram meia verdade, pois tive minha fase de bissexual.

Dizem que sou drogado. Raras vezes me droguei, e em nenhuma das vezes estava em crise lá.

Dizem que eu era líder de uma seita “chamada satânica”. Na verdade eu e uns amigos meus tentamos divulgar e formar um grupo de pensamentos filosóficos que envolvessem artes, filosofia e altruísmo e autoconhecimento. Uma tribo melhor dizendo. Nada de seita satânica. Não deu certo. Mas quando eu estava em crise xerocava umas coisas que eu escrevia e distribuía. Eram meus pensamentos que eu ainda estava formulando.

Embora minha filosofia tem lá alguma coisa em comum com satanismo, não vou negar isso, tem coisas que se diferem. O que tem em comum é pregar que cada um é seu próprio Deus. O que difere: satanistas acreditam que quem lhe faz o mal você deve retribuir com o mal a ele. O Guardianismo prega que se alguém te fez o mal você deve torcer pra essa pessoa te fazer um bem e dar oportunidade pra isso. Se ela não quiser te fazer o bem ela que se foda então. Mas que se foda longe de você.

Também acabava tendo a fama de satanista mais forte porque depois que comecei a ter essa fama comecei a posar de satanista só pra zoar. Chegava nos meus amigos metaleiros em praça publica e falava alto coisas do tipo “A paz de satanás meu irmão!“. Quando alguém dizia. “Milton. Aceita Jesus!”, diziam de onda mesmo lá no meio da galera, eu dizia “O sangue de Belzebu tem poder! Te esconjuro em nome do Satanás!“.

Eu falava isso só de zoeira. E isso foi só depois do vídeo rolar na net. Queria tirar onda. Mas aí que o pessoal passou a pensar que eu era mesmo satanista.

disseram coisas também do tipo “O Milton espancou uma pastora. Espancou uns crentes de tal Igreja”. Não vou negar que já me envolvi em confusão em igrejas, mas o máximo que eu fiz foi quase quebrar uma caixa de som de uma pastora na Igreja “Deus é amor”, porque ela tava me irritando tentando me exorcizar junto com as outras irmãs.

E uma vez um crente metido a valente veio me tirando na maior falta de educação. Me agarrando pelo braço. Não bati nele lá dentro. mas quando chegamos lá fora dei só um soco na cara dele. Aí veio os outros crentes querendo enche o saco. O que fiz foi intimidá-los a não quererem se meter comigo ou ia ser pior.

E uma vez discutindo com outro crente numa igreja. O cara bem mais robusto que eu. Eu simplesmente o prensei contra a parede e falei umas certas verdades pra ele e parei. Depois veio um irmão crente que conversou comigo que me acalmo e fui embora. Aí eles aumentam inventando que eu espanquei uma pastora e as irmãs crentes, que vandalizei as igrejas, que espanquei uns 5 crentes duma vez.

Obvio que tava em crise. Bipolar quando tá em crise faz essas loucuras mesmo. Pois acha que pode tudo.

Dizem também que comia um monte de minas no cemitério fazendo orgias e tomando sangue com minha seita. O máximo que eu fiz foi agarrar uma mina no cemitério uma vez. Já levei também um amiga lá no cemitério e só conversamos.

Eu ia no cemitério. Mas nada de beber sangue. Ou orgias. Embora tinha gente que fazia coisas do tipo em Paragominas. É obvio que não era eu. Falaram que eu comia a filha do P. O cara que mordi a orelha. Falavam que comi a filha dele no cemitério. Isso não aconteceu. Falaram também que eu e minha seita arrancava orelha de vitimas indefesas e eu colecionava essas orelhas.

Já falaram que eu era o demônio em pessoa. Já falaram que eu era vampiro, lobisomem, que tinha feito pacto com tinhoso, que eu era o tinhoso, o anticristo, que eu e meu 3 irmãos íamos fundar uma igreja satânica, que minha família era toda de satanistas. O povo aumentou e inventou sobre mim.

Acho que mais de 80% foi invenção e amentaram sobre mim lá pra ser sincero.

Milton sedução

As pessoas passaram a te tratar de maneira diferente?

Pelo menos em Paragominas. Muita gente que não me conhece sempre fica com pé atrás comigo.

Você diz que sofre de transtorno bipolar. Como foi sua vida até o diagnóstico?

Comecei a apresentar os primeiros sintomas em 2004. Fim de 2004.

Minha vida estava uma bagunça. Passava por momentos de lucidez e de crise. Mas quando mudei pra Paragominas as coisas pioraram. Estava mais em crise do que lúcido.

Como não dormia andava muito a noite sozinho e usava muito roupas pretas. Isso foi o suficiente pra fazer pessoas de mente vazia começarem a falar besteiras sobre minha pessoa. Coisas do tipo. “Aquele cara é satanista.” Comecei a ter crises cada vez piores. Mas só vim a ser diagnosticado mesmo como bipolar no início de 2008.

E como tem sido o tratamento?

Agora estou no fim do tratamento. Meu psiquiatra, Doutor Walber, com quem me trato em Belém, é um dos poucos psiquiatras que acreditam que um portador de transtorno bipolar pode um dia, depois de certo tempo de tratamento, se estabilizar e saber controlar sua doença sem precisar de medicamento pro resto da vida.

Só falta mais uma dose de uma injeção de piportil L4 pra eu tomar. Felizmente ela não tem me causado efeitos colaterais. Não preciso nem tomar um remédio anti-impregnação pra usar o piportil. Meu corpo se adaptou bem a ele. No inicio era barra o tratamento. Tomava de 6 a 9 pílulas por dia, além da injeção que era de 30 em 30 dias.

Como estou no fim de tratamento, me tratando com doutor Walber há pouco mais de 2 anos, como eu lhe disse, tenho tomado as últimas injeções de 60 em 60 dias.

Um homem recuperado

Defina o que é o GUARDIÃO UNIVERSAL

Essa história de Guardião Universal surgiu na minha cabeça só como Guardião. Me via como o Guardião de Paragominas.

Acreditava que meus pensamentos faziam a cidade ter um certo equilíbrio pra que as coisas ocorressem bem por lá que era uma cidade conhecida como Paragobala.

Coincidentemente cheguei numa época lá que as coisas pareciam estar ficando mais calmas. E passei a achar que meus pensamentos interviam na realidade de Paragominas ao ponto de fazer as pessoas ficarem mais pacíficas e altruístas uma com as outras.

Depois os delírios foram aumentando e passei a acreditar que eu era o Guardião do mundo. E que meus pensamentos eram responsáveis pra manter a paz e harmonia no mundo. Passei a me ver como um Guardião Universal.

Pra mim eu fazia parte da OGGU, Ordem dos Guardiões e Guardiãs Universais, uma ordem de seres iluminados no universo que tinha como missão estabelecer a paz e harmonia no universo. E todos sendo guiados por OGGU, O Grande Guardião Universal. Ou Deus pra mim em outras palavras.

Bem… Talvez isso não fosse delírio. Mas isso é o que menos importa agora. Prefiro não pensar sobre isso embora eu queira que isso seja mesmo verdade. Prefiro continuar no momento na dúvida sobre isso. Embora isso possa ser possível também.

Como você se tornou o GUARDIÃO UNIVERSAL?

Quando falei desse termo O Guardião Universal no vídeo. A coisa pegou e começaram a me chamar de Guardião Universal.

Fale um pouco sobre sua filosofia de vida.

Sigo 4 regras básicas de conduta de vida.

Regra.1: Liberte a si mesmo de si mesmo.
Regra.2: Liberte-se do próximo.
Regra.3: Liberte o próximo de você.
Regra.4: Liberte o os próximos deles mesmos.

Podem parecer paradoxais essas Regras, mas se você raciocinar melhor sobre elas verá que a humanidade seria perfeita se todos a seguissem.

Ele está te PROTEGENDO

O que são as regras de ouro?

As regras de ouro são regras que devem ser seguidas na sua vida em todos aspectos dela. E isso não é fácil colocar em prática. Eu diria que no tempo que estive surtado elas foram as reflexões boas que vieram a minha mente.

Até quando briguei com o cara lá no vídeo foi tentando seguir elas. Foi tentando seguir a regra 4. Tentei libertar a mãe e a filha do marido espancador e opressor. Deu certo. Mas tive de pagar um preço por isso.

Qual a melhor parte em ser o GUARDIÃO UNIVERSAL?

Ser um Guardião Universal foi algo passei a compreender só depois que vim a me tratar. Seu universo a guardar é sua vida e tudo que faz parte dela. Você, sua família, resumindo, todos seus próximos.

Foi passando essa ideia pra muita gente na internet e na vida real é que eu vejo que tem gente que as vê como uma nova filosofia de vida pra se seguir. Nada que seja novo. Mas digamos, que o que eu passo pros outros está lhes sendo útil pra viverem melhor. Quando vem gente no meu blog ou no meu Orkut ou MSN comentar bem sobre minha filosofia de vida me sinto grato por isso.

E a pior?

Quando surge algum babaca na rua que nem me conhece vindo me zoar. A vontade que me dá é de ir matar um caboco desses. Talvez um dia ainda faça isso. Mas isso vai ser difícil de acontecer. Porque agora eu estou mais lúcido.

Com o amor da família

Que habilidades são necessárias para se tornar um?

Pra se tornar um Guardião Universal basta procurar sempre colocar em prática as 4 regras de ouro. Só.

Como isso afeta sua vida pessoal?

Bem. Agora procuro escrever mais no meu blog. Às pessoas novas que eu conheço eu sempre revelo sobre minha vida. Até mesmo sobre meu transtorno e essa situação embaraçosa a que o transtorno me levou. Pois sei que cedo ou tarde elas acabam descobrindo sobre minha vida mesmo.

Como você ganha a vida?

Moro com meus pais e trabalho com minha mãe.

Você aparece em alguns vídeos fazendo EXIBIÇÕES MARCIAIS. Qual sua instrução em artes marciais?

Experimentei algumas. Já treinei karatê um ano quando era criança, chegando a faixa laranja. Experimentei capoeira uns 3 meses. Experimentei kung fu shaolim uns 3 meses. Experimentei wushu também uns 5 meses. Depois boxe chinês uns 6 meses no máximo. Muay-thai uma semana. Um dia de jiu jitsu.

Só!

Nunca me especializei em nenhuma. E hoje to parado. Sabia algumas coisinhas nos vídeos. Mas tava fora de forma.

Milton LUTADOR

Considera-se uma pessoa perigosa?

Não. Dificilmente eu fico perigoso.

Fale um pouco sobre seus livros

O livro “Escrituras do Mirote: Das profundezas da minha alma” tem os principais posts dos meus dois blogs escrito nele. Nesses posts eu falo da minha vida pessoal e de minha filosofia de vida e alguns poemas e contos meus selecionados que estão nele. Eu publiquei 30 tiragens dele pela editora CBJE (Camâra Brasileira de jovens escritores)

E o livro “Espíritos Indomáveis: Revelações de um jovem sonhador” é um livro de ficção com muito humor negro, mas também com sua dose de reflexão. Foi o primeiro livro que escrevi desde meus 17 anos. Estou pra publicar ele também pela CBJE e farei mais 30 tiragens dele.

Você encontra os links disponíveis pra baixar meus livros nos meus blogs. Mas é claro que você vai deixar o link dos meus livros e do meu blog no seu site pra galera poder baixar. Só vou logo adiantando que português não é meu forte. E quem quiser ler o que escrevo vai ter que tolerar e digerir uma leitura com erros de português, mas que compensa mesmo assim.

Qual sua perspectiva para o futuro?

Virar um dia um escritor best-seller e ser reconhecido por isso. Nem que seja depois que eu morra. Esse é um dos meus sonhos. Ser reconhecido pelos meus ideais e pelas minhas obras literárias e pelas minhas obras em todos aspectos na vida. Pra que sirvam de exemplo àqueles que querem um mundo melhor.

Em direção a um futuro melhor

A vida de GUARDIÃO UNIVERSAL já te gerou alguma situação bizarra?

Só quando eu tava delirando pra valer mesmo. Uma vez tentei ressuscitar um morto querendo fazer massagens nos pés dele. E outras coisa que todo bipolar faz quando está em crise de mania, hipomania e hiperativo. Achando que é Deus e pode tudo.

Quer deixar algum recado?

Quem quebrar as regras terá o caos! [risos]

Pode parecer brincadeira, mas se você conhecer as regras de ouro direito vai ver que quem as quebra cedo ou tarde colhe o caos. E Deus não precisa fazer nada pra isso acontecer. O próprio homem o faz.

Preciso de proteção, quer ser meu guardião?

Eu posso lhe ensinar a se guardar. Se você tiver mesmo fé.

Compre um anjinho de pedra coloque sobre sua foto. Essa foto vai estar sobre sua penteadeira. Ou em qualquer lugar da sua casa ou do seu escritório que você olhe todo dia. O que quero te ensinar com isso? Isso é uma forma de mentalizar própria proteção. Aí as coisas funcionam do jeito que tem de funcionar. A realidade é o reflexo da mente. Muita gente diz isso. Se quer mudar a realidade. Comece mudando você primeiro. Olhe pro seu interior e procure mudar você mesmo.

Mais Milton

Desabafo de Milton

httpv://www.youtube.com/watch?v=jOt14mfayVw

Blogs

Você pode lê-lo em O Guardião Universal ou O Jovem Sonhador.

Livros

Twitter

@miroteando

A Ideologia do Guardião Universal

httpv://www.youtube.com/watch?v=a4uFcXFfoWs

httpv://www.youtube.com/watch?v=P7rjjePzWmk

httpv://www.youtube.com/watch?v=7uM99RfCD8U

httpv://www.youtube.com/watch?v=tITc1jVMCyM

Músicas

httpv://www.youtube.com/watch?v=nPJiyS46a00

httpv://www.youtube.com/watch?v=vnewbDrOusQ&feature=related

httpv://www.youtube.com/watch?v=LajOwcvkums&feature=related

Profissão LOL – Guardião Universal

Categoria: DestaqueProfissão LOL
0

0 comentários

  • 1) Ele cortou o cabelo 🙁
    2) Tem foto em que ele tá gordo e foto em que ele tá magro. Estou confuso, qual é mais recente?
    3) Hahahaha nunca teria imaginado que o maluco teve uma fase gay.

  • “mas eu nem arranquei, foi soh um rasguinho” LOL
    nossa, eu dmeorei pra perceber que eu ja tinha visto esse video a MUITO tempo!

  • E 4) Ele não tem ombros 🙁 ouvi dizer que a galera da cidade espalhou o boato que ele sacrificou os ombros pra Lúcifer.

  • hahahaha não acredito que você entrevistou ESSE cara!
    haha adorei. Um tanto LOUCO, mas tudo bem hahahaha

  • Izzy: Milton é tipo um David Bowe filosófico.

  • pagou de PANICO NA TV, ganhando audiencia em cima de doentes.

  • Simplesmente FORMIDÁVEL!

  • Ó Sicko, respect por essa entrevista, mas pô cara, gostava mais quando ele era insano/porrador/guardiãodouniverso, agora ele tá mó com o Jésa.

  • Attention Whore

  • O que dizer depois desta entrevista épica: FORMIDÁVEL.

  • Fico jóia cara. Valeu ae pela força.

  • A foto mais recente sou eu d cabelo curto e sem barba. Olha q agora eu raspei a cabeça na máquina 2. To diferente d novo.

  • A Gabe veio conferir pra dar a dedadinha nervosa antes de dormir. Só não contava – assim como ninguém – com a fase bixessual do nosso querido Guardião Universal.

  • NOssa, esse cara é Genial!
    hahahaha

  • As idéias dele são ótimas (as lúcidas e as que não contêm violência).
    “A realidade é o reflexo da mente. (…) Se quer mudar a realidade. Comece mudando você primeiro.”
    Mandou muito bem.
    E parabéns Sicko pela REPORTAGEM e organização do conteúdo.

  • Melhor entrevista de todos os tempos

  • Estou seguindo o tuto do Guardião Universal.

  • MTV OWNED !!!

  • Acompanho o Milton pelo menos 2 anos, cara não acredito que fizeram isso com você. Sincera mente meu ‘sentir motivação aprimorado’ sei que você não leva fé em tudo que lhe dizem.
    ADORO o LOLHEHEHE, mas não deveria ter feito uma entrevista pra um site que os caras vão te zoar.

    • Jôlair: a entrevista foi uma porta aberto para que o Milton pudesse expressar tudo aquilo que tem vontade. Ele queria um meio de divulgar seu desabafo, e aí está. Ser zoado ou não é indiferente e você está exposto a isso aqui ou em qualquer lugar da internet.
      Ele não será mais zoado aqui do que é no Youtube ou no próprio Orkut, mas terá maior audiência para as coisas que tem a dizer.

  • Creio q aqui posso ter mais pontos positivos. Pelo menos é o q to vendo até agora nos comentários.

  • tl;dr

  • Pqp, essa entrevista enterrou o lol em meio metro de merda. Melhor entrevistar uma pedra do q esses malucos q aparecem na internet.

  • PUTA MERDA. Nem consigo ver o vídeo. hahahahha
    Eu fui no orkut zoar. Falei algo do tipo: Doeu? Sei lá, mas foi foda. HAHAHAHA

  • Meu passado, presente e futuro. -s

  • cara o mundo seria o caus se todos seguisem suas regras que pregam o desapego pessoao au extremo
    pense se tudo de bom no mundo tem uma mensagem de união a suas regras no minimo são bizarras

  • O LOL HEHEHE é um lugar que tem muito mais gente para apoiar do que zoar o cara.

  • POW AHAHAHAHAHAA
    Vo le isso no almoço, bem lembrado. Guardião Universal é um CLÁSSICO mano! LOL tinha que fazer mais materias assim.

  • Conteúdo altamente jornalístico investigativo, parabéns Sicko e ao Milton tbm !!11

  • AE SICKO, entrevista o cara das orgias de utah!

  • Cara, bipolaridade é um problema sério e que merece grande atenção.
    Apesar de ele ter cometido alguns exageros, no fundo buscava o bem. Ou ao menos acreditava nisso.
    Parabéns à ele por buscar ajuda e suas idéias, e aos dois (Milton e Sicko) pela “entrevista”.

  • EI…FOI UMA PENA O NÃO TEREM DADO UM P.T. NO CRENTE VÉIO…EU NAO DEIXAVA BARATO…NO MÍNIMO TACAVA FOGO NAQUELE BARRACO DELE…HAHAHHAHHAHA…CRENTE E CATÓLICOS SÓ SÃO BONS MORTOS..HAHHAHAHHA

  • Cara legal. 🙂

  • [b]Um dia de jiu jitsu[/b]
    Levou um mata leão e nunca mais foi treinar ahuhauah

  • Melhor entrevista de todos os tempos [2]
    Formidável, Sicko.

  • ” dificilmente eu FICO perigoso”
    morri!

  • Eu não sei… Eu acho que caí da espaçonave…

  • Parabéns, a entrevista ficou muito boa.
    A primeira vez que vi o Guardião foi risada mesmo, agora vejo a luta que é pra ter um tratamento e ficar lúcido deve ser muito foda.
    Boa sorte “Guardião”, espero que consiga vencer na vida!

  • Vcs não sabem oq e ter um biPolar do seu lado e sim tem jeito pra isso eu já vivi isso de perto!

  • QUERO VER VOCE ENTREVISTAR O SUB ZERO BRASILEIRO…

  • “Se ela não quiser te fazer o bem ela que se foda então. Mas que se foda longe de você.” BOA KAPEÃO!
    Muito bom Sicko, tá de parabéns pelo post, e é claro, parabéns pro Guardião ae! haha Ninguém sai de um surto desse por apenas tomar remédio, e sim por ter força de vontade, tu é foda, continua se tratando, é um ótimo exemplo!

  • “Virar um dia um escritor best-seller e ser reconhecido por isso. Nem que seja depois que eu morra. Esse é um dos meus sonhos.”
    Boa sorte, Milton, mas…
    “Só vou logo adiantando que português não é meu forte. E quem quiser ler o que escrevo vai ter que tolerar e digerir uma leitura com erros de português, mas que compensa mesmo assim.”
    Tem que ver isso aí.

  • porra, o cara tava sangrando e nao fizeram GARROTE nele.

  • Esse maninho devia ter ido falar com um traficante ou com qualquer outro malaco sociopata velocidade 5, assim ele jah estaria guardando o universo ecomendo grama pela raiz ao mesmo tempo…

  • Excelente entrevista!
    Tudo de bom pro Milton!

  • Guarda a ti mesmo primeiro.
    Best seller? Paulo Coelho tbm teve seus tempos dificeis… né?
    Uma história de vida um pouco diferente e
    Sei lá.. (vou cuidar da minha!)

  • CARALHO, SICKO, TE AMO, PQP!!!!!!!!!!

  • nem lembrava mais do guardião universal, ahahhahahahahha
    deus, to chorando aqui

  • Eu li tudo. Sério. Só não entendi uma coisa,na época você era namorado da filha do cara do video? Porque ele dizia que você queria que ele liberta-se ela pra fazer outras coisas.

  • fiquei impressionado como depois de uma porrada dakela na cabeça ninguém fez um garrote nele!!!

  • Caramba não conhecia esse cara, gostei dele. tudo de bom Milton ! boa entrevista Sicko!

  • Meu, esse cara é louco! Óbvio que ele deve ter emagrecido e engordado um monte de vezes, antidepressivos causa perda e ganho de gordura… E ele tem sim que continuar o tratamento; bipolares nunca se curam!

  • Fazia tempo que o sicko nao postava uma entrevista completa,normalmente as entrevistas sao ruins,essa está bem completa,nao deixa duvida sobre o tema !

  • esse cara é uma piada, esse video quando bombou na internet foi maior escandalo

  • Aquelea abraço Milton, a gente se vê na convenção anual dos OGGU!

  • Bela matéria, adoro pessoas desequilibradas!

  • o cara é sinistro veeeyyy ..
    quando falou pro tiozin q ia entrar na mente dele veja o que deeu ,kk
    gostei da parte q a gente tem q ser um exterminador do futuro ! OMG ”
    cara fez karatê, capoeira kung fu shaolim , wushu, boxe chinês, Muay-thai e jiu jitsu.
    –> Considera-se uma pessoa perigosa?
    Não. Dificilmente eu fico perigoso. Lol Lol Lol

  • Parabens otima entrevista !!!!!!!!!11

  • Milton que voce consiga alcançar seus objetivos, parabens e boa sorte nessa luta manow!
    agora que essa e a entrevista melhor que já vi aqui FATO!
    O que dizer depois desta entrevista épica: FORMIDÁVEL[999]

  • 1 = “CRENTE E CATÓLICOS SÓ SÃO BONS MORTOS..HAHHAHAHHA” – É duro ler isso de um cara que chama Cristiano.
    2 = “Bruna: defina loucura.” – Vocativo é isolado com ‘vírgula’ e não com ‘dois pontos’
    3 = Sr. entrevistado, continue seu tratamento e nunca mais faça nada parecido com o que você fez no seu passado. Sua reputação é ruim e é por isso que as pessoas desconfiam de você. Não é culpa delas, elas só estão ‘se guardando’ de uma ameaça em potencial. Procure um centro de convivência e evite aparecer, quanto mais você insistir nisso mais sua vida vai ser difícil. Peça desculpa todos os dias para seus familiares e não faça nenhuma cagada em momentos de desespero e solidão. Finalmente, sua filosofia de vida com suas 4 regras de ouro não colou ainda porquê não trás nada de terrivelmente novo. Acima um rapaz elogiou sua frase “A realidade é o reflexo da mente. (…) Se quer mudar a realidade. Comece mudando você primeiro.”. Isso já foi invocado várias vezes, notadamente em “O Segredo” e no provérbio chinês “Antes de sair para mudar o mundo, dê três voltas na sua casa.”. Se vai repetir uma idéia certifique-se de que ela não seja amplamente conhecida. Outra coisa: A Bíblia não seria tão famosa se tivesse apenas 30 páginas. Nem Os Mandamentos são tão curtos. No mais, cara, boa sorte na sua vida. Escute muito os outros, seja bastante humilde e ensinável. Ao invés de se isolar do resto, aproxime-se, você vai aprender muito mais o verdadeiro significado da vida quando estiver vivendo em comunhão. Abraço!

    • João Augusto: você identificou incorretamente o uso do vocativo. Estava MARCANDO apenas a quem me dirigia. O vocativo seria empregado da forma a seguir: João Augusto, vá chupar o cu do seu pai!

    • Acabo de notar que o sujeito que veio dar aula aqui citou O SEGREDO.
      Fim de papo.

  • Pra mim é satanista

  • gostoso. me avisa se sua fase “bi-sexual” voltar.

  • Não acredito que um babaca como esse Milton seria entrevistado, e q a galera ainda gostou!!!
    Ele não tem nada de interessante pra expressar, é só mais um doente mental incuravel q vai dar uma de “guardião universal” alguns minutos após ter esquecido de tomar seu remedio.
    Aff Sicko, esperava mais d vc…

  • Eu tenho o msn dele faz anos. Ele acredita nele mesmo, isso q é bacana.

  • Se cada um seguir sua filosofia de vida, não interferindo no ir e vir do próximo, teremos finalmente um mundo melhor/civilizado.

  • Tinha que ter arrancado a orelha inteira daquele cara! Desgraçado covarde ainda vai com um martelo pro Milton que tava de boa dando entrevista ¬¬
    ps: desenterrou fundo esse vídeo Sicko, faz um tempo bom que eu assisti pela primeira vez xD

  • eu conheci esse cara, morou na cidade que eu morava por um tempo, patrocínio/MG
    ele realmente é desse jeito!
    hahahahaha

  • “(…) e eu vou invadir a mente dele..oh wait.. ARGGHHHH”
    kkkkk morri
    Na minha opinião Jõao Augusto ownou, só que foi FAIL tb, pq quer aconselhar um louco e loucura só é curada com um banho de água fria.
    Sicko, tá seco… ta grosso…
    Abs

  • João Augusto: você identificou incorretamente o uso do vocativo. Estava MARCANDO apenas a quem me dirigia. O vocativo seria empregado da forma a seguir: João Augusto, vá chupar o cu do seu pai!
    AHuahuhauhauhauhahuahuhauhahuahuhauhauauhauhahuahuauhauhauhuahuahuahuha…
    Espere que tem mais:
    huauhauhauhuahuahuhauhauhuahuhauhauhauhuahuahuahuahuhauhuhauhauhauauha…
    Quer pagar uma de gramático intelectual citando O Segredo.
    Mas essa frase do Milton “A realidade é um reflexo da mente”, não é realmente dele. Contudo, se você pegar as teorias da comunicação de Focault, você veria que o grande filósofo Francês apresenta de forma satisfatória o fato de que tudo o que falamos provém de algum referência anterior, etodas elas vem do primeiro falante (o mito de Adão). Portanto, ela é totalmente válida, como um postulado do Milton.
    Outra coisa, você quer se chamar de Intelectual citando O SEGREDO? Existe um dramaturgo sueco do fim do século XIX, chamado August Strindberg, que fala: “Tudo pode acontecer. Tudo é possível e provável. Tempo e espaço não existem. Na frágil moldura da realidade, a imaginação ondula e gera novos padrões”. Essa frase pode ser vista no filme “Fanny & Alexander” do também sueco Ingmar Bergman.
    No nosso mundo comtemporâneo, tudo é e não é, ao mesmo tempo (o chamado pós-moderno) e portanto o Sicko agiu bem em mostrar o lado do Milton, nessa história.

  • Thiagaum, vai dizer agora que o Sicko deveria entrevistar você, que é um cara normal com pensamentos interessantes para expressar?!
    Puta merda, vá chupar o cu do pai do João Augusto também.

  • carai, quanto troll x_x
    ele pode até ser louco, mas é um louco que pensa, melhor que muito normal que tem a cabeça vazia ou só cheia doque ve na tv
    hsuashAUshU

  • …Se ele cortou o cabelo? Num fez mais que a obrigação.

  • Nossa!!! Por esses comentários está cheio de gente normal e sem problemas.
    O cara luta todos os dias pra ter uma vida mais sociável, qualquer um aqui pode ter problemas, ou na familia, o Guardião tem uma vida cheia de altos e baixos, isso é interessante até certo ponto. E também uma oportunidade de mostrar o outro lado da história.
    Se ele fosse seu irmão, estaria respondendo que o cara é louco? Ou somente uma pessoa que precisa de cuidados?
    De Seu Madruga e louco todo mundo tem um pouco.

  • 1 = Pedro, realmente eu falhei em dar conselhos a um rapaz “tan-tan”… =D
    2 = Sicko, sua tentativa de justificar seu erro com um “MARCANDO” fedeu bosta.
    3 = Ah! Fui procurar o responsável pela minha concepção e, quando o encontrei, ele estava deitado de barriga pra cima e sua mãe, Sicko, estava chupando ‘algo’ na região compreendida entre a virilha e a cintura dele (sua mãe estava nua, amordaçada com uma argola na boca e com uma coleira, achei estranho, mas como ela que se sustenta, ela pode se vestir do jeito que quiser…). Ela, a sua mãe (assim eu MARCO), lambia e chupava vigorosamente. Desisti da minha empreitada e fui embora…
    4 = Grande Homem (advogado do Sicko), onde foi que você viu eu me classificar como intelectual? Apesar dessa sua gafe, obrigado por ratificar minha teoria dando mais exemplos de que a filosofia do rapaz entrevistado não tem nada de novo.
    5 = Sicko, eu não tinha o objetivo de ser taxado de intelectual e nem de te diminuir com meu comentário. Só estava corrigindo porque achei que lhe auxiliaria no futuro. Não sabia que você ficava tão ofendido quando uma gafe sua era notada e apontada.
    6 = Sicko e Grande Homem, nunca li “O Segredo”, mas sei bem do que trata o livro. Da mesma forma, nunca li “Crepúsculo”, mas faço idéia do que ele trata. Ah! Vocês se esqueceram de colocar “O SEGREDO” (e a variante menos gritada, “O Segredo”) entre aspas.
    “Mals aê!”. Abraços!

  • Sicko, entrevista o Elder Carinhoso? *-*

  • Sicko, se me permite responder no lugar da Bruna…
    Queimar pessoas vivas, fazer tempestade cerebral nas pessoas, pedir dízimo, NA MINHA OPINIÃO isso é uma parte de loucura ^^

  • KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
    Que tirada pequena “ein” !!!

    • Maria Eduarda: acabo de chegar do trabalho. Estou cansado demais pra me divertir com marmanjo sofrendo de carência afetiva.

  • Sickinho: relaxa! 🙂

  • lol, sicko analisando ele ali, pra ver c ele tava bao memo
    uaheahe

  • Boa entrevista com o Milton !

  • Uma das melhores entrevistas do lolhehehe.
    Nao por concordar com as ideias do milton, mas porque foi um dos poucos que tinha algo a dizer, por mais nonsense que seja.

  • esses caras do interiorrr, escuta algumas verdades e acha que esta descobrindo a pólvora…
    Maldita inclusão digital, maldito computador do milhão…

  • Tão falando que o cara é louco é isso e aquilo, o cara tem uma filosofia de vida, e dae que é velha, e dae que já foi dita milhões de vezes, o cara a criou em sua cabeça, e a segue realmente. E isso o faz bem. É muito melhor que esses religiosinhos ae que nem vão na Igreja!
    Tá de parabéns cara! Boa sorte na sua recuperação! =)

  • ehuaheuaheauhe
    “Considera-se uma pessoa perigosa?
    Não. Dificilmente eu fico perigoso.”
    muwaahahaha

  • Facilmente nota-se a falta de sanidade de um cara como o Milton, porem concordo plenamente em dar uma lição em FDP’s hipócritas e covardes, que se sentem fortes batendo em quem não sabe se defender.
    Caso, e se somente se, esse cara realmente bateu na sua mulher e filha, acho pouco ele ter perdido apenas um pedaço da orelha.
    Aplaudo sua atitude! Mas com relação ao “guardião universal” apenas um conselho, continue tomando os remédios. É para o seu bem.
    (não dizendo que minha opinião sirva para alguma coisa)
    Ps.: Sicko vc é feio!

  • Jeito de louco você tinha.

  • Então a Mãe do sicko estaria amordaçada e chupando algo?
    Nunca tentei mas acho difícil ein

  • louco ou não…
    respeitando o proximo, ele pode ser feliz da forma que ele preferir.

  • Nuunca tinha visto o vídeo.
    Achei o cara muito inteligente e a entrevista muito boa! Mas meu, menos violência! ;D

  • Poxa, Acho que criar sua própria filosofia de vida é algo ótimo e raro, a maioria simplesmente funciona no automático e não reflete sobre o que faz. Posso não concordar com tudo que o cabra apregoa, mas ele teve coragem e libertou a própria mente de muitos padrões, construindo uma identidade bem interessante.
    E não importa muito se as teorias dele são boas ou ruins assim como os livros né, o importante é não se reprimir.
    E sei como é a Bi-polaridade, tenho um parente com este problema e hoje ela quase não sofre mais com isso ^^

  • seita chamada “satânica” AHAHHUAUHAUHAHUAUH eu morro nessa parte.
    “agora eu vou entrar na mente dele… […]” POWPOWPOW

  • Melhor entrevista de todos os tempos [3]

  • DSAJKSDAJDASDJSA pow curti a entrevista… o cara é gente fina

  • Lembrou-me outro Milton, Milton o Monstro:
    http://www.youtube.com/watch?v=-I_i1G1u_V8

  • João Augusto, não estou te defendeno. Estou apontando algo que é real: Não existe originalidade, o que existe é a reprodução de um discurso anterior ao do presente momento (ou seja, tudo que você fala veio de alguém).
    Realmente você não é um intelectual. Relendo sua fala, vi que seus argumentos são mal fundamentados e construidos. Você é simplesmente alguém que está com inveja por que o Sicko nunca te entrevistou.
    E por fim, não sou advogado do Sicko. Estou, na verdade corringindo-o pra que você não fale bobagens por aí.

  • Boa entrevista! Acho sempre interessante conhecer um pouco da história de alguém, principalmente de alguém que se incomoda com a realidade.
    E acho que a filosofia não precisa ser nova ou velha, elaborada ou simples. Só precisa ser funcional.
    O cara do vídeo em nenhum momento desmentiu ele. Ele deu toda a entrevista sem negar que realmente batia na mulher e na filha. O Milton, com problema ou não, foi alguém que conseguiu se preocupar com algo além do seu umbigo e defender essas mulheres. Coisa que nenhum dos “normais” da cidade fizeram.
    Então, o engraçado é que ele, bipolar e em crise, já fez muito mais por alguém do que toda essa cambada que só fica aqui xingando e enchendo o saco junta.
    João Augusto, se a sua intenção não foi parecer intelectual e aparecer, qual foi então? Aconselhar o Milton? Com que finalidade? Porque não pareceu interessado no bem estar dele. Pareceram dicas pra jogar o problema pra debaixo do tapete e apenas levar a vida até o fim (“evite aparecer”; “evite fazer cagada”; “peça desculpas todos os dias”) Que merda de conselho é esse? Você tem noção do que é viver assim, pedindo desculpa por existir?
    Peça desculpas você por ter sido tão infeliz.

  • Engraçado que aquela idéia dele sobre nós portarmos um universo dentro de nós e que nós possamos pertencer ao “universo” de outro ser foi uma coisa que eu e meus amigos já conversamos e acho que faz todo o sentido.
    Talvez eu não esteja conseguindo me expressar direito, mas pelo contrário do que muitos devem pensar, o Milton é um cara muito sábio e não é um “doidão” desses que aparecem na internet em programas de TV que divulgam “bizarrices”.
    Parabéns Milton!

  • eu não sou ninguem pra definir se ele tá certo ou não tá… mas que eu concordo com várias coisas que ele diz, eu concordo!
    Milton, eu nao concordo só com a 4ª lei… pq não podemos libertar os outros pelos outros… cada um deve descobrir como se libertar, não acha?
    podemos tentar ajudar, mas inteiramente fazer pelas pessoas acredito que não…
    vou acompanhar os comentarios pra ver sua resposta…
    abraço!

  • krakrakrakra
    o exterminador do futuro levou uma facãozada!
    o cara é doidinho, igual a Jesus que acreditava ser Deus…

  • Mas quanto as 4 regras/leis de ouro: poderia ser mais original. Jesus também pregava algo parecido. A negação da vida e do mundo…nada mais cristão…
    O mundo e a matéria são para serem usados em sua totalidade!

  • Saryo Romulo. Você pode procurar libertar seu próximo d outro próximo ou dele mesmo. Fazer isso é o mesmo q fazer o q os abolucinistas fizeram pelos escravos no Brasil Colônia. Pode libertar alguém dele mesmo. Mas a melhor forma d fazer isso é o ajudando a se libertar d si mesmo e não obriga-lo a fazer isso. Pense sobre o comunismo. Seria também bom se as pessoas vivessem dessa forma no mundo. Mas você não pode obriga-las a segui-lo. Mas pode estimula-los a segui-lo. Mas sem obrigar.
    P.S: Obviamente não conrcordo com tudo no comunismo. Mas ele tem seu lado bom assim como no capitalismo.
    Mais uma coisa. Leiam o blog do guardião universal pra entenderem melhor o q quero passar. Sei q o eu digo não é novo. O q eu acho bom. É q 90% ou mais do q eu digo. Foi descoberto por mim mesmo. Tem gente q compara minhas idéias com as do “Nithe”, Sartre, Druidas, wica e o escambal a 4. Mas o legal d tudo isso q eu pensei nisso tudo por mim mesmo sem conhecer profundamente por outras cabeças pensantes.

  • Milton, vc devia ir para o Irã, lá anda um bom lugar para o Guardião Universal. Só tome cuidado para não te confundirem com uma mulher, pra não arriscar, leve um bom martelo para quebrar pedras, ouvi dizer que os alemaes são os melhores.

  • e Sicko, acho bom voce entrevistar o carinha la ele deve ter uma vida muitooo interessante o/
    /ironico

  • Hhuauhaahuhaha
    ótima entrevista, ele quando era cabeludo se parecia muito com um cara aqui de joinville
    asioueJIOASEJIJASEJIO
    abs e boa sorte Guardian

  • Caro Milton, o nome é Nietzsche. Sim, as suas ideias têm um que de Nietzscheano, sobre a necessidade demudar o mundo modificando primeiro a si mesmo, e com suas ideias acerca de Deus.
    Leia de Nietzsche “Ecce Homo”, que é um livro mais introdutório acerca das ideias dele, que tenho certeza que você vaiu se identificar. Suas ideias são boas, mas podem sempre se formular melhor.

  • Sei q é Nietzsche. Só escrevi “Nithe” e entre aspas ainda. Porque sempre me perco pra escrever o nome dele corretamente.

  • Muito boa a entrevista! A parada pode parecer engraçada mas a coisa é séria. É bom saber que o cara tá se recuperando, muitas pessoas sofrem do problema e nem sabem ainda.
    é nóóóis Sicko, continue com MAIS entrevistas!
    abraço

  • Espero que este cara encontre o caminho, o equilibrio mental e a paz de espírito…. mas por favor, nunca, mas nunca mesmo cheire nescau!

  • De duas uma:
    Ou esse maluco é louco ou eu sou louco.

  • 1 = Grande Homem, não seja fundamentalista. Supondo que tudo veio de alguém, esse alguém teria que ser muito mais intelectual do que é possível e mais, teria que falar mais palavras do que é possível numa vida humana “normal”. Adão ter falado tudo o que iria ser falado no futuro é difícil. Ainda mais difícil se pensarmos que a expectativa de vida de Adão não deveria ser das mais gigantes… Sobre ser intelectual ou não, não é meu objetivo ser taxado dessa forma ou de outra. Suas impressões sobre meus argumentos foram anotadas e da próxima vez tentarei colocar mais exemplos e citações (agora ficou mais fácil, é só falar que foi Adão que disse). Sobre eu estar invejando o Guardião Universal por ele ter sido entrevistado pelo Sicko, aí já foi duro de ouvir… o Sicko já entrevistou personalidades mais invejáveis e elas não eram invejáveis por terem sido entrevistadas nesse blog, mas por terem feito algo de diferente para merecer a notoriedade de serem entrevistadas aqui. O que acontece é que, dentre as entrevistadas que fizeram várias coisas diferentes, não é o Guardião Universal o mais digno da minha inveja.
    2 = Grande Homem, no seu último parágrafo você deveria ter usado ‘você’ ao invés de ‘o’, pois, do modo que você colocou ficou parecendo que o corrigido era o Sicko, citado no período anterior e retomado no último período (“(…) não sou advogado do Sicko. Estou, na verdade corringindo-o pra que você não (…).”).
    3 = Grande Homem, mais uma pequena observação que quase me esqueci de dizer: Todas as bobagens que eu disse foram ditas anteriormente e anteriormente e anteriormente e assim quase infinitamente até anteriormente por Adão.
    Abraço!

  • 1= Justiceiro, minha intenção foi aconselhar o Milton sim. Primeiro, pedir desculpas é válido, pois, se não o transformar numa pessoa melhor, ao menos satisfará àqueles a quem ele fez mal (incluso o rapaz que teve a orelha aparada). Sobre meus conselhos para a construção da teoria dele e do livro… Um “best-seller”, que é o objetivo dele, tem que ser extremamente vendável e extremamente popular.
    2 = Justiceiro, eu não disse para ele pedir desculpas por existir em momento algum. Eu disse para pedir desculpas, os motivos ele sabe melhor do que eu. Quanto à tentativa dele de salvar as pobres mulheres indefesas que estavam sob o jugo titânico do marido e pai, não vejo aquilo como um ato libertador e sim como uma violenta ação intervencionista. Para quem prega o desligamento das pessoas, defender os oprimidos não parece lógico. Sabe… O Milton atingiu seu limiar de frustração e tomado pela fúria escolheu um lado e agiu sem pensar. Existem, atualmente, vários canais para resolver conflitos entre os homens. Existem leis e mecanismos para a proteção da mulher, da criança e do adolescente. O canal que o Milton escolheu não passou de justiça mal feita e fim da estabilidade e ordem pública. O Estado deve permanecer com o monopólio da violência, sempre. Adão disse, certa vez, logo depois de morder a maçã e passar a se interessar predominantemente pelas coisas do espírito (i.e., virar intelectual), que as pessoas merecem qualquer realidade que elas toleram. No entanto, você deve gostar de “justiça” com as próprias mãos…
    3 = Maaicon, ela estava com uma argola na mordaça, não sei se você observou esse detalhe.
    Abraços!

  • Sicko, acredito que loucura seja machucar outras pessoas sem motivos e… bom, esse cara é a definição própria de loucura… Começando pelos seus critérios e ideais….

    • Bruna: no vídeo quem foi machucado foi ele. Você definiu loucura com a coisa a ser definida. Seja mais precisa.

  • Ziin, também considero tudo isso loucura. Mas não saber do que se está falando também é. Já frequentou alguma igreja evangélica pra saber se é verdade tudo isso, ou apenas tomou pra si o que a mídia transmitiu?
    Err, e colocando como obs aqui, não acho que uma pessoa que tem seus ideais, força de vontade e tudo mais seja louca; acho que esse cara é totalmente desequilibrado… GUARDIÃO UNIVERSAL, continue conversando com seu psiquiatra, é o melhor que você faz! E tome seus remédios direitinho…

  • ok, no vídeo quem foi machucado foi ele :s mas não foi ele quem tirou sangue da orelha do cara antes?
    e, bom, se não fui precisa pra ti, sinto muito. Verdadeiramente, não tenho mais argumentos para criticar esse sujeito. Apenas acho que os conceitos desse cara são irrelevantes… Quem é ele?

  • Não.
    E pq gasta seu tempo respondendo secamente os comentários de uma pessoa IRRELEVANTE?

    • Todos são relevantes. O que não é relevante para a questão é quem ele ou você são.
      Isso não muda o foco da questão. Não estou te criticando, só gostaria de entender seu conceito de loucura.

  • Ah, ok.
    Meu conceito de loucura… bom, talvez eu não consiga ser clara :B
    Loucura é morder a orelha de uma pessoa até sangrar.
    Loucura, eu acredito, é discutir com outras pessoas por religião, e até mesmo atacar outro indivíduo.
    Sei lá, e mais um monte de coisas que esse cara já demonstrou com seus atos :s
    Sicko, vai me desculpar… adoro seu blog, não estou criticando VC, e, além disso, nem tenho argumentos, como já deu pra perceber :s

  • o que eu to fazendo aqui, então? daisoudoiasu :/

  • Bruna.
    Eu podia estar louco. Mas quando dei uma surra no cara e mordi a orelha dele foi justamente pelo fato dele espancar mulher e filha. Tive um motivo mesmo louco. Talvez o fato do cara querer me acertar com uma barra d ferro na cabeça. Não tenha sido um ato d loucura. Pois ele estava se vingando. Mas e meu irmão? O cara q acerto ele num tinha motivo nenhum pra isso. A diferença do louco com o normal. É q ele tem muitos dos seus atos sem medir as consquências. E aqueles caras ditos normais. Eles nçao tavam loucos. E vieram na intenção d nos matar. O cara q acertou meu irmão deixou um traumatismo craniano nele. Por sorte eu não tive traumatismo! Mas você acha q aqueles caras foram normais também ou agiram como psicopatas? Pra mim sem duvida agiram como psicopatas. E louco e psicopata são diferentes. Mas antes d você concluir mais alguma coisa. Veja o video em q eu dou meu desabafo.

  • Bruna. Deixo aqui um resumo melhor das 4 regras d ouro q você encontra no meu blog. Devia ter explicado melhor ela nas entrevistas. Mas ainda bem q posso comentar aqui.
    “Regra.1-Exerça sua liberdade e livre-arbítrio sem impedir a si mesmo d exercê-los. Ou liberte a si mesmo d si mesmo. Quebrar essa regra é se escravizar pelas próprias atitudes. Só depois d você se libertar d si mesmo, conseguirá se libertar dos outros, os seus próximos. Você não tem a obrigação d segui-la, mas é recomendável q a siga pra ter melhor qualidade d vida. Agora vem a próxima regra.
    Regra.2-Sempre evite e nunca permita q os próximos exerçam a liberdade e livre-arbítrio impedindo você d exercê-los. Quebrar essa regra é deixar seus próximos t escravizarem pelas atitudes q tem com você. Liberte-se dos próximos. Resume bem essa regra. Claro q essa segunda regra, tem d estar d acordo e em harmonia com a terceira regra.
    Regra.3-Exerça seu livre-arbítrio e liberdade sem impedir seus próximos d exercê-los também. Quebrar essa regra é escravizar seus próximos pelas suas atitudes q você tem com eles. Liberte os próximos d você, resume essa regra. Essa regra, também tem d estar d acordo e em harmonia com a segunda regra. Afinal, o q você gostaria q fizessem a você, deve-se fazer com os outros também, q no caso são seus próximos.
    As regras 2 e 3 devem estar em harmonia pra coexistirem juntas numa sociedade. E elas são essenciais q sejam seguidas pra q haja essa harmonia. Se você quebra a regra 1, você torna na maioria das vezes só a sua vida um caos, agora quando se quebra as regras 2 e 3, a sociedade tem a tendência natural em virar um caos completo! Agora vem a quarta regra.
    Regra.4-Procure sempre garantir q seus próximos sigam as 3 primeiras regras. Ou liberte os próximos deles mesmos. Quebrar essa regra é se omitir diante dos q se escravizam a si mesmos. Nem todos tem também a obrigação d seguir essa ultima regra, mas pra alguns ela deve ser dever e obrigação a se seguir. No caso ela se aplica aos q nos governam, nossas autoridades q devem ser nossos Guardiões.
    Toda regra tem sua exceção a parte, essas também não são uma exceção a parte. Você
    pode querer libertar os próximos dos próximos. Mas não pode obrigar a seu próximo a se libertar dele mesmo ou d outros. Se fizer isso, está quebrando a regra 3. Os q nos governam tem no mínimo q garantir q as regras 2 e 3 sejam mantidas numa sociedade. Se você já leu ou ouviu aquela frase do tipo: Sua liberdade vai até onde começa a minha e minha liberdade termina até onde começa a sua. Liberdade e livre-arbítrio caminham juntas.
    Afinal. O q seria nossa vida sem liberdade d escolha ou o tão conhecido livre-arbítrio? Mas uma coisa é sempre bom todos termos. Temos d ter consciência do q queremos escolher pra nós e d como agiremos com nossa liberdade. Pra mim isso também é um dever dos q nos governam nos ensinar e nos aconselhar como usarmos nossa liberdade e livre-arbítrio. Vale lembrar, q as regras 2 e 3 tem um paradoxo.
    Mesmo q você quebre ou a regra 2 ou a 3, você acaba seguindo uma das duas, se você quebra a regra 2, está seguindo a 3, se quebra a regra 3, está também seguindo a 2, poderia dar exemplos disso, mas prefiro deixar q você reflita sobre elas pra encontrar os paradoxos.”

  • Agora deixo aqui um resumo um pouco grandinho da teoria e prática das 4 regras.
    Você se escraviza quando tem conceitos arcaicos q o impedem d usufruir melhor a vida. São coisas do tipo esses exemplos a seguir. Se você tem em mente q não se deve assumir casar com a mulher negra q ama por q a sociedade é preconceituosa contra negros e vão falar mal d você, isso é um conceito arcaico. O mesmo vale pra quem quer se casar com uma ex-prostituta ou assumir um namoro homossexual pra si mesmo ou até mesmo pra sociedade. Você se escraviza quando deixa padrões arcaicos e desnecessários da sociedade tomar conta d você. Você se escraviza até mesmo quando se vicia em drogas ou em sexo.
    Não seria nada bom pra alguém q só vive d sexo ao ponto d deixar d trabalhar por causa d uma tranza ou trabalhar mal por falta dela. Você se escraviza até por convicções religiosas arcaicas. Imagina se você q é o único q pode doar sangue pra o seu filho q está morrendo no leito. Você não tem outra escolha ou você doa seu sangue, ou seu filho morre e você sofrerá pelo resto da vida.
    Ou você só faz sexo pra se reproduzir, deixando d ter momentos d prazer q você nunca vai ter por causa d um conceito arcaico implantado na sua mente pela religião. Você se escraviza também quando evita transar sem camisinha, porque sua religião considera isso pecado. As conseqüências não são nada boas depois disso, gravidez indesejável e DST são uma delas.
    Você mesmo está se impedindo d ser feliz, por causa d suas atitudes q lhe levam a escolhas q só o prejudicam e t aprisionam em vários aspectos da vida. O homem em geral se escraviza a si mesmo até quando destrói a natureza, consequentemente, ele é escravizado aos poucos pela natureza devido as atitudes q teve perante a ela. O aquecimento global é um exemplo disso. Você colhe o caos q planta.
    Continua…

  • João Augusto – vc eh fail cala a boka ¬¬” antes de criticar o cara vai se olhar no espelho! ele esta tentando mudar as coisas da merda q tah do jeito dele e vc um merda soh fika criticando –”
    Milton José- cara gostei do teu ponto de vista 😀 soh tenta nao se mata nem mata ninguem que pra mim tah bom. Apesar o kra paro d bater na filha e na mulher nao eh?
    mano apoio isso q tu disse fielmente “O Guardianismo prega que se alguém te fez o mal você deve torcer pra essa pessoa te fazer um bem e dar oportunidade pra isso. Se ela não quiser te fazer o bem ela que se foda então. Mas que se foda longe de você.”
    Bruna- o kra tah tentando mudar as coisas com sua “religiao” (se eh q posso chamar assim Oo”) vc acha ele louco por isso? mulheres católicas nos EUA viram serials killers pq se acostumam com a “perfeiçao” e eliminam tudo o q nao eh perfeito.
    isso pra mim sim eh loucura. mas como iremos julgar!? nao temos um ponto fixo para definir loucura ^^ do meu ponto d vista todos nós somos.

  • Milton José- mano o q vc disse no video sobre ter um inuverso em celulas, c nao sabe o quanto eu jah parei pra pensa nisso tem ateh uma abertura dos simpsons q se encaixa exatamente nisso

  • Você deixa os outros t escravizarem, até quando eles estão t matando. Afinal, não interessa q tipo d animal você seja, você sempre escolhe sobreviver e preservar sua vida. Quando há situações ou em q você mata ou morre. Mesmo q você não queira matar, mas não tem outra saída a não ser matar. Então mate! Ou morra tentando. Lute até o fim d suas forças.
    É a lei da sobrevivência, é a lei da auto-preservação, afinal, ninguém quer ser obrigado a passar por situações q não tem seu consentimento. Quebre essa regra e sua vida vira um caos. Se Deus nos deu o livre-arbítrio, é justamente porque Ele odiaria algum babaca tirando o livre-arbítrio dele dizendo o q ele deve ou não fazer e é claro o obrigando a fazer algo sem seu consentimento. Pra mim, a perfeição d Deus, o q prefiro chamar d Espírito Universal ou d O Grande Guardião Universal(OGGU). A meu ver, sua perfeição, como ia dizendo, está justamente em saber fazer bom uso dessas 4 regras.
    E como ELE sabe as usar bem, faz a vida d quem quebra essa regras um verdadeiro caos! O mesmo deve ser pra nós suas criaturas. Quebre essas regras e sua vida vira um caos. Quanto mais você se escravizar, deixar lhe escravizarem, escravizar e deixar q seus próximos se escravizem. Mais o caos perpetuará em sua vida. Embora o caos venha mais rápido prós q quebram as duas primeiras regras, aqueles q quebram a 3 e 4, cedo ou tarde, também colherão o caos.
    Eis também os exemplos d quem deixa se escravizar por seus próximos, você pode ser escravizado por outros tanto no aspecto mental e físico e até mesmo espiritual se você acredita em alguma coisa espiritual. Quando você deixa conceitos arcaicos impostos a você por pessoas d sua religião, você está deixando eles t escravizarem no aspecto mental e as vezes também no físico e também espiritual. Quando você deixa padrões desnecessários q você deixa a sociedade t impor, você faz o mesmo também no aspecto mental e dependendo também no físico junto. Você também deixa alguém t escravizar, seja por chantagem emocional, seja pela mentira ou seja até mesmo por trabalho forçado e escravo mesmo.
    Escravizar os próximos, também não é nada justo, afinal, você não gostaria d ser escravizado por seus próximos como os exemplos q t deixei ai em cima? Por isso não faça o mesmo com os seus próximos, porque com certeza, você não ia gostar q fizessem o mesmo com você. Até mesmo se você se escraviza quando usa drogas por exemplo, você deve evitar ao máximo escravizar os seus próximos também. Isso significa q você deve sustentar seus vícios com dinheiro próprio, q você deve usar sua droga sem incomodar ninguém. Não fume em ambientes fechados em q tenham não fumantes. Não saia porai igual um loco fazendo bagunça depois ter bebido umas e cheirado outras, não roube ou furte pra sustentar seu vício.
    Se você quer se fuder, se Foda d preferência sozinho ou com quem quer se feder como você, evite ao máximo foder com a vida dos outros q não querem se foder como você. (Me perdoem as palavras d baixo calão. Mas pra mim essas são as mais apropriadas.) Se você escraviza seus próximos, a tendência natural é haver resistência da parte deles e eles irão fazer d tudo pra transformar sua vida num caos, num verdadeiro inferno. Vou lhe dar bons exemplos disso. Zumbi criou seu movimento pra libertar seu povo. Tiradentes criou sua revolta pra ter a independência do Brasil. Foi através d líderes revolucionários q os EUA também se libertaram da Inglaterra.

  • Continuação…
    Gandhi também fez o mesmo pra libertar a Índia. A vida dos repressores se tornou um caos e eles tiveram d ceder. Quando também se criou a lei seca nos EUA, não deu certo isso. Querer libertar as pessoas do álcool as proibindo d beber e se fuderem porque quer não deu certo naquela época. A máfia matou bem mais gente por causa do confronto com a polícia, com o governo em si, do q o álcool em si, q acabou matando um numero relativamente pequeno d viciados por overdose. A situação ficou insustentável pra o governo e pra sociedade e o governo dos EUA na época, não tiveram outra escolha. Tiveram de legalizar a bebida e também os casinos. A criminalidade caiu um numero significativo por causa disso.
    No Brasil, não vai ser diferente. Enquanto nosso governo manda policiais arriscarem sua vidas pra lutar contra o tráfico q é fortemente armado e tem soldados q não tão nem cagando pra morte. Não dá em outra, guerra e caos. Ae entra também aquela conhecida frase do filme Tropa d Elite, q também é uma conseqüência d quem quebras as regras d ouro da Libertação. Aquela q diz, q se você é policial, ou se corrompe, ou se omite, ou vai pra guerra. Os q vão pra guerra são os policiais honestos. Mas é uma guerra q já perderam, porque a guerra entre o tráfico e a polícia nunca vai ter fim, a não ser q as drogas sejam legalizadas. O q realmente faz as drogas serem ilegais, eu tenho minha teoria. Não são os traficantes d drogas q ganham mais vendendo drogas, mas os traficantes d armas.
    Se as drogas forem legalizadas, quem sai perdendo, são os traficantes d armas, pois o sustento deles é através da guerra. Tráfico d armas, dá muito mais dinheiro q o tráfico d drogas. Quem vende armas? Provavelmente são os caras q tem contatos com exércitos ou q até mesmo fazem parte d algum exército. Posso até estar errado quanto ser apenas o tráfico d armas q ganhe mais dinheiro, mas com certeza o comercio legal e ilegal d armas juntos, dá muito mais dinheiro q o tráfico d drogas.
    Mesmo se fosse legalizada as armas no Brasil, mesmo q muitas armas fossem vendidas e eu também sou a favor dessa legalização. O trafico d armas seria mais vantajoso se estivesse na ilegalidade, pois assim o governo não teria controle sobre quais as armas poderiam ser comercializadas. Tem mais uma coisa. Se hoje, as diversas facções se unirem pra lutar contra o governo q não legaliza as drogas. Vocês já sabem no q vai dar.
    Guerra civil, q dessa vez vai ser pra valer, pois já vivemos uma guerra civil não declarada. As autoridades não vão ter outra escolha, vão ter d legalizar as drogas gostem disso ou não. E vão ter d legalizar muitas coisas também, ou criará cedo ou tarde a revolta da população. Se querem mesmo reduzir o numero d dependentes d drogas, invistam em conscientização. Invistam em Instituições pra recuperar esses dependentes químicos ou psicológicos, vai dar muito mais resultado, porque vai ta cortando o mal pela raiz.
    Continua…

  • É como eu ia dizendo, não adianta obrigar as pessoas a se libertar d si mesmas, assim como é com as drogas. Imaginem a seguinte situação. E se existisse a aids e outras DST e não existisse camisinha e outros métodos contraceptivos. Logo o governo nos proíbe d tranzar só pra não ter o risco d mais gente contrair DST, assim o governo nos proteje d nós mesmos. Aqueles q quisessem ter filhos, só se fosse por inseminação artificial ou pelo “divino espírito santo”, igual foi com Maria. Isso ia dar na maior merda! Não seria muito diferente do q acontece hoje com as drogas, pois elas são proibidas justamente porque nos fazem mal a saúde. Mas cada um tem q ter a liberdade individual d foder com a própria saúde.
    Se proibissem o cigarro e o álcool de vez também, só porque fazem mal a saúde, isso não seria nada bom, daria na maior merda também. O caos seria uma conseqüência por impedir a cada cidadão d ter sua liberdade individual. Vai chegar também um tempo, q os cidadãos brasileiros também vão ficar tão putos da vida com esses nossos políticos e autoridades FILHOS DA PUTA, q não fazem merda nenhuma pra fazer o nosso país progredir e vão se revoltar pra valer e vão fuder com a vida dessas autoridades FDP! Agora se você quer entender a regra 4, é só você se lembrar dos abolicionistas no tempo do Brasil colónia, homens e mulheres q lutavam pra libertar os escravos negros.
    Os negros, homens q fizeram esse país realmente crescer enquanto fazendeiros viviam na mordomia. Lembre-se também da revolução industrial na França, lembre-se também do q Gandhi fez por nós, lembre-se também do q Jesus Cristo fez em sua época pra libertar seu povo. É em todos esses homens, principalmente em Cristo q me espelho pra libertar nosso povo Brasileiro dessa prisão q estamos, pra sairmos dessa falsa liberdade em q vivemos.
    Lembre-se disso e guarde bem minhas palavras e o q você está lendo nesse livro e faça alguma coisa. Tenha atitude! Por q você não é o q os outros pensam ou falam q você é. Você não é nem mesmo o q fala ou pensa ser. Você é você mesmo, pela sua atitude perante a todos aspectos da vida. Se você quer saber como é seu próximo, também não importa o q os outros falam ou pensam q ele é, e nem mesmo o q ele fala ou pensa ser.
    Embora isso as vezes possa ser verdade, você só saberá quem realmente é seu próximo, convivendo com ele e o observando e analisando suas atitudes perante a vida, d perto e d longe sempre q lhe for possível, pra q você tire conclusões sobre quem ele é realmente.
    Termino. Sei q podia resumir mais ainda essa teoria e prática. Foi isso q fiz no primeiro post. Mas minha net deu pau e não foi postado o comentário. Ae fiquei com preguiça e resolvi postar logo o texto todo do meu blog. Paciência pra quem quizer ler…

  • João Augusto
    Desculpas não mudam nada. O que está feito, está feito. A única coisa que essa palavra faz é acariciar o ego das pessoas dizendo que elas estavam certas e você errado. Isso é só política.
    Muito bonita esta teoria. “O Estado deve permanecer com o monopólio da violência, sempre.”
    O único problema é que o mundo real não funciona assim. Todos os dias apanham e morrem muitas mulheres que têm uma coleção de boletins de ocorrência. O Estado é ineficiente pra cumprir a função que ele tomou pra si. Você compreende isso? Compreende que nem todo mundo é politizado e educado minimamente pra resolver as coisas da forma legal?
    Se o traficante do seu bairro disser que vai matar alguém da sua família, você tem 3 opções: 1-fugir 2-matá-lo antes 3- ir à polícia e fazer um B.O.
    O que você vai fazer com o B.O. depois que seu ente estiver morto? Quer uma sugestão? Assistir ele ficar dois anos respondendo o processo em liberdade, passando em frente a sua casa rindo, barbarizando quem ainda estiver lá, aí é sentenciado a uns 12 anos, cumpre um terço e volta pra vidinha dele enquanto você ainda está recolhendo os cacos.
    “O Estado deve……” que Estado?! Norte de Minas na divisa com a Bahia. Que Estado? O Estado não chega lá. Às vezes, e muitas vezes, a justiça com as próprias mãos é a única que existe. Você disse que a intervenção dele foi mal feita. Eu discordo, pelo que consta após o fato a mulher e a menina tomaram coragem e foram embora de lá. Além do mais, se ele agrediu o cara no momento em q ele agredia as mulheres ele agiu dentro da lei, como você deve saber. Legítima defesa de terceiros está previsto no Código Penal. Disse também que com a intervenção ele causou o fim da estabilidade da ordem pública. Denovo, que ordem pública? As duas mulheres apanhando todos os dias caladas porque não podem ou não sabem que podem fazer alguma coisa? Está em ordem pra você? Dessa forma, quem prega o desligamento das pessoas é você. A quarta regra dele diz: Libertar o próximo deles mesmos. E foi o que ele fez. Libertou essas duas mulheres dos medos e da impotência delas. Nem tudo pode esperar um processo João, nem tudo funciona assim. Os machões de plantão por aí, pensariam duas vezes antes de bater em mulheres e crianças se soubessem que num precisa de um juiz e 3 anos pra resolver um caso assim. Um homem com valores iria se intrometer e aí ele não seria tão macho como finge que é.
    O mundo é o que é, não o gostaríamos que fosse.

  • Mas todos nós somos como o imundo,
    e todas as nossas justiças como trapo da imundícia; e todos nós murchamos como a folha, e as nossas iniqüidades como um vento nos arrebatam.
    Isaías 64:6

  • Você tem razão justiceiro. Ainda bem q tem pessoas como nós q tentam fazer a sua oarte. A justiça do estado é mesmo uma merda. A justiça do estado deveria permitir justiça com as próprias mãos para os cidadãos.

  • Grande Sicko, grande Milton! Melhor Profissão LOL!

  • O Milton me lembra a Estamira e todos os gênios que foram taxados de loucos por expressarem ideias à frente de seu tempo.
    Não que ele (nem a Estamira) seja um gênio, mas certamente prega uma filosofia de vida inovadora.
    Achei alguns aspectos da teoria dele muito interessantes. Compreendo o que ele diz, assim como compreendi a Estamira também. Ele pode ter o comportamento característico de um bipolar, mas o discurso teórico me pareceu bastante lúcido.
    Aliás, ele tem um esclarecimento filosófico invejável e digno de poucos.

  • tenso…

  • Milton… agora entendi o que vc quis dizer com a 4ª regra…
    qual o link do seu blog?

  • 1 = ®¯†Andrey†¯®™, minha crítica é uma maneira de tentar mudar as coisas, quer você goste desse modo pacífico (e, normalmente, lento) ou não.
    2 = Justiceiro, que desculpas não mudam o passado é verdade, no entanto, se verdadeiras, indicam que o indivíduo que cometeu o erro reconheceu seu erro e se arrependeu. Além disso, é o mínimo que pode ser feito. Palavras não valem tanto quanto atitudes, mas isso não significa que não tem valor. Um bom pedido de desculpas, um sincero agradecimento, um elogio sem exageros e feito na hora certa, tudo isso tem muito valor, mesmo que seja para “acariciar o ego”. Um carinho é importante.
    3 = Justiceiro, se o Estado não está chegando aonde você vive, você não deve agir violentamente contra aqueles que são tão carentes quanto você e sim se organizar e se levantar contra a indiferença do Estado. Num sistema democrático, é mais lógico aparar a orelha de um representante político seu por não ter acesso à segurança pública do que aparar a orelha dos transgressores e infratores.
    4 = Justiceiro, se eu fosse vítima da violência ou ameaça de violência de um traficante, minha opinião não deveria servir de regra, visto que, em uma situação dessas, eu não raciocinaria com o devido distanciamento. No entanto, se algum familiar meu fosse mortalmente agredido por um traficante, eu quereria matá-lo mas, graças a Deus, eu não tenho parentes envolvidos com o tráfico de drogas. Lembre-se, Justiceiro, de que teorias não devem ser construídas com base em exemplos.

  • 1 = Justiceiro e Milton, o rapaz que agredia a mulher e a filha não era punido por seus atos. A mulher e a filha careciam, então, da proteção do Estado e sofriam com a popularização da violência. Você, Milton, agrediu o ‘algoz’ da história e, em seu ato heróico, endossou o uso da violência contra os fracos. Quando você, Milton, usou da violência, você agrediu mais uma pessoa que carecia da proteção do Estado. O ‘algoz’ da mulher e da filha, por sua vez, carecia de outro serviço que é responsabilidade do Estado: a educação. Se ele tivesse sido educado, não agrediria a mulher e a filha e, portanto, não seria agredido por você. Observe a quantidade de problemas que a ausência do Estado gerou. Agora me diga, em algum momento você atuou contra os seus representantes políticos? Lembrem-se: todos os canais estão abertos.
    2 = Milton, analise a seguinte situação:
    # Duas pessoas recebem, como dádiva, o direito de portar uma bola que lhes foi doada. Elas recebem, também, o direito de fazer o que quiser com essa bola, qualquer coisa, incluindo chutá-la para o mato, se for jogo de campeonato. Essas duas pessoas, que tem o direito de fazer qualquer coisa com suas bolas, i.e., que tem o direito de arbitrar livremente sobre suas bolas se encontram, num campo, um belo dia. Uma delas diz para a outra: “Dê-me sua bola!”. E a outra, ao ouvir aquilo, entrega a bola.
    Agora responda, Milton:
    Houve violação do livre-arbítrio nessa situação?
    E se trocarmos bola por qualquer outra coisa? Por vida, por exemplo?
    Supondo que há livre-arbítrio, Milton, ele é absolutamente inviolável. Há de se saber definir qual é a verdadeira vontade. Nossos desejos se chocam o tempo todo. Valerá o desejo mais forte. Se você considerar que existe livre-arbítrio, Milton, você incompatibilizará a existência de vítimas e algozes. Morrer e matar, dar a bola, ficando sem bola, e receber a bola após exigir, ficando com duas bolas, apanhar e bater. Tudo isso, é a aplicação do livre-arbítrio, a execução plena das vontades afins. No entanto, essas conseqüências filosóficas e suas implicações devem ser observadas e estudadas com cuidado pois, na prática, a existência de Deus é um mistério, e o que Ele nos deu ou não, logicamente, também é.

  • sempre que vejo algo do milton, me lembro de um amigo
    mesmas ideias, mesmas pirações, filosofias…
    ja tive medo desse amigo, tinha uns surtos do nada, mas no fundo era super gente boa e bom amigo
    ae milton, independente de qquer coisa e do que te falem, parabens por acreditar em algo e defender isso…nem que vc falasse com pedra, se vc acredita que ela fala de volta, que se foda todo mundo, continua conversando

  • Esses Trolls que ficam falando merda são tudo um bando de desocupados, punheteros e nerds… E provavelmente não leram antes de falar merda…
    A entrevista ficou top de linha Sicko :]
    Adoro ler sobre filosofias diferentes…Como a mente humana pode ser tão diferente de pessoa pra pessoa né?
    Milton, boa sorte na sua recuperação… :]
    torço por vc
    Fica com Deus.

  • cara… deu preguiça de ler tantos comentarios
    soh pra completar o milton parece com o carlos ruas(USQ)

  • Melhor que ler a matéria que é um lixo mas é legal ahuahuhuahua é ver os comentárius dos pseudo-intelectuais ou trolls no internetêis…
    auhhuahuahuhauhuahuahuuahhua

  • MeeeeeeooooDeeeeooooossss!!! Hahahaha Esse figth João Augusto X o resto do mundo é comédia demais. Acho que antes de postar o comentário o cara deve revisar umas cem vezes com medo de cometer algum erro de português(razão inicial da briga) e ser Ownado Épicamente neste site. E sim, Sicko não aguenta ser criticado, esse é o território do bicho, RESPEITE.
    Tá João Desgosto, agora PODE procurar o erro de português preferido, ou qq outra coisa pra me denegrir tb que vc precisa disso pra viver!
    Sicko, que entrevista épica. Ponto de vista exótiCUzinho esse, hein?! hehehehe

  • 1 = Lígia, não gostei muito do trocadilho, mas ele foi inédito para os meus ‘ouvidos’ (não posso afirmar que foi original porque Adão falou tudo que há para falar).
    Abraços!

  • CABECA DE FERRO!!!

  • Bem João Augusto. Vejo livre-arbítrio como liberdade d escolha. D qualquer tipo d escolhas. Se suas escolhas interferem na minha. Óbvio q vou querer fazer alguma coisa. O melhor é q haja concensso entro os dois lados. Pra q tudo corra bem. Bem… Talvez essa não seja bem a resposta q você esperava. Pois não sei se entendi bem o q quiz dizer. Tem pessoas q usam d sua força pra fazer ou outros fazerem algo contra sua vontade. Mas cada situação é uma situação. Se alguém me forçar a lhe dar meu dinheiro e eu vejo q posso força-lo a impedir d fazer isso( o caso d um assalto) Eu irei impedir. E vai vencer o mais forte. A questão do livre-arbítrio. Não estou falando só da escolha entre o bem e o mal. Mais a escolha pra tudo. É aquilo q eu disse. Se 1 num qué, 2 num vai pra frente.

  • Lígia me inclua fora dessa.

  • 1 =Justamente, Milton José, o livre-arbítrio é inviolável. Se na sua disputa com o assaltante, alguém sair aparentemente prejudicado (baleado, morto, com menos dinheiro, preso, com uma orelha a menos…), é porque a vontade maior desse alguém era sair prejudicado da disputa.
    O importante, assumindo que existe livre-arbítrio, é definir quais são suas vontades. Porque, se há livre-arbítrio, ele é inviolável, não havendo, portanto, nem injustiças, nem algozes, nem vítimas (e não existem acidentes nem coincidências, é tudo escolhido!).
    Abraço!

  • GENIAL.

  • Simplesmente idolo. OGGU FTW!

  • Cara, muito bom mesmo… uahhuauhauha
    sensacional
    Fiquei fa do Milton
    Sujeito muito doido… doido de jogar pedra…
    ahuuahuhahua
    Que viagem!! massagear os pes do morto foi o climax da entrevista… Queria muito ter visto a cena…
    (mudando de assunto)
    Sicko, sendo este meu primeiro post, gostaria de perguntar uma coisa:
    Como o LOL interfere na sua vida profissional?
    Nao precisa dizer sua profissao…

  • E como segundo comentario, gostaria de dizer que ate hoje eu nao acredito que tem gente atoa o suficiente a ponto de se orgulhar de ter sido o primeiro a comentar um post… Porra, tudo bem vale a pena prestigiar o site, mas que coisa mais idiota!!
    vai arrumar algo pra fazer

  • e como terceiro comment, me explica como o lol consegue reconhecer comentarios spam sem nenhum CAPTCHA

  • É João Augusto. Infelizmente é assim, q nem você falo. Mas pessoas q tem mais consciência e mais sensso d justiça. Devem procurar botar em prática as 4 regras. Pra um mundo melhor.

  • essas 4 regas me lembraram as 4 do buda…
    essa filosofia do guardião universal não é totalmente nova, mas tmb não esta errada. não esperem que ele seja o novo aleister crowley
    milton esta longe de ser louco, só esqueceu de uma coisa pra ser levado a sério: boa propaganda

  • Não tive tempo nem muita paciência pra ler as discussões. Apesar do debate filosófico ser bom, corrigir erros de português alheios me soa tão banal quanto dizer “comi o seu cu” numa briga.
    Do meu ponto de vista, que não foi pedido em nenhum momento mas resolvi dar mesmo assim, e usando o mesmo exemplo que eu li num comentário do João Augusto:
    Você pode pedir a minha bola;
    Eu posso recusar ou dar a você, uma atitude não muito esperada;
    Você pode pegar minha bola a força, se quiser;
    Eu posso dar um tiro entre as suas órbitas oculares quando você tentar fazer isso.
    O livre-arbítrio existe e cada um pode, se quiser, levá-lo a casos extremos. Mas uma atitude negativa acaba gerando uma cadeia de eventos que devolve a mesma energia negativa empregada para você, ou vice-versa. Definir se o que você fez é bom ou ruim varia conforme a ética da cultura que você está inserido e o pacto social que a cerca.

  • É meurer. O q você escreveu sintetiza tudo.

  • meurer, sendo o conceito de algo bom e algo ruim relativo, podemos afirmar que esses conceitos são obrigatoriamente falsos? Uma vez que a verdade deve se manter como verdade em qualquer situação e tempo para ser verdade, não pode haver excessões a essa verdade nem condições para a verdade. OBS.: fiquei na dúvida se colocava verdade com ‘v’ minúsculo ou maiúsculo, pois tal verdade, tão absoluta e poderosa, pode ser Deus.

  • João Augusto
    Seu comentário me lembrou um cd do Legião Urbana, “Mais do mesmo”.
    A questão é que simplesmente não concorco com seu ponto de vista e nem você com o meu. De qualquer forma, foi interessante conversar com alguém que sabe fazer isso com idéias.
    Abraço.

  • Justiceiro, é sempre bom conversar e debater. Fico com as minhas idéias e com outras coisas que eu aprendi ou descobri enquanto conversava com você e com outras pessoas aqui nessa página.
    Espero que a lembrança com o CD não tenha sido por conta do título. Dessa forma não seria uma alfinetada mas, por outro lado, se não for uma alfinetada eu não entendi a associação.
    Abraço!

  • João Augusto
    É que você argumentou da mesma forma. A busca da justiça através das vias legais. O meu post também seria um “mais do mesmo” repetindo quase as mesmas coisas do meu post anterior então achei que não iria adiantar. Só isso.
    abraço

  • João Augusto.
    Quando pensei nas regras d ouro. É pelo fato d ter visto o quão relativo é o certo e o errado.

  • É… realmente, relendo vi que estava repetindo argumentos…
    Eu não gosto de vias ilegais porquê acredito que ações são exemplos. Eu me importo com os meios sejam quais forem os fins.
    Abraços!

  • a falta de infraestrutura nos estudos brasileiro, traz esse tipo de “problema”
    mentes brilhentes, que conseguem interpretar o tempo a sua frente e nao tem auxilio de uma pessoa com o conhecimento maior pra canalizar isso de forma natural, trazendo consequencias sérias ou não
    milton, interessante a forma com que vc interpreta o universo. diferente de todos que são acomodados e iguais, o que resulta no seu rótulo de louco.

  • Valeu pelo apoio lilpeter.

  • João Augusto, entendo o seu ponto de vista, mas penso na verdade como um conceito mutável, que varia conforme a consciência coletiva (na falta de uma palavra melhor, usemos essa) de um certo grupo de pessoas. Conforme a globalização avança e o mundo tende a juntar as suas idéias e conceitos (somente tende, pois ainda existe grupos de opinião quase que isolada, vide os extremistas islâmicos), podemos até dizer que a verdade se tornou um conceito solidificado e universal, ainda que com o tempo venha a se modificar. Um bom exemplo é pensar na homossexualidade, que 70 anos atrás era uma doença ou comportamento pervertido que poderia até resultar em prisão. Se a verdade for algo estático e etéreo, não temos nenhuma noção se estamos evoluindo pra perto dela ou não.

  • A tendência é sempre haver novos paradigmas q quebram antigos paradigmas meuer. Como vc mesmo falou. A idéia das regras d ouro é quebrar antigos conceitos ou paradigmas.

  • Milton, seu unico problema é que vc é a frente do seu tempo, tem compreensões que pessoas consideradas normais pra sociedade não as tem. A humildade e o brilhantismo são coisas que andam juntas e não podem ser compradas. Tenha paciencia e não ligue para aqueles que o taxam de louco.
    Parabens, ande na paz e na luz!

  • Felizmente agora virei uma pessoa “normal”, nessa quarta feira passada. Fui no meu psiquiatra e ele suspendeu os remédios e me deu alta. Disse q as chances d eu ter crise. São as mesmas dele ou d minha mãe ter crise. Ou seja. As mesmas chances d qualquer pessoa normal. Ele recomendou ir no pisicólogo pra ser acompanhado por uns tempos. Farei isso em breve. Meu médico é um dos raros médicos q acredita q bipolar possa ficar um dia sem remédios.

  • Cara, achei muito legal o Sicko ter feito essa entrevista e tudo o mais, todo mundo tem o direito aí de se expressar né, de expor idéias e tudo o mais. O difícil é ser aceito, já vi uma frase que dizia assim: “Se você quiser fazer inimigos, tente mudar alguma coisa!”. As pessoas não estão abertas pro novo, nosa sociedade é muito conservadora, ao contrário do que se pensa. Bom, eu não tive interesse nenhum de saber sobre as idéias do Milton aí, até porque não me despertou o interesse de saber do que se trata, estou sempre aberto a novas idéias e tal, mas as dele em si, não me convenceram o suficiente. Mas enfim, eu tô aqui comentando mais pra defender a posição do Milton como pessoa, não a filosofia dele nem os métodos que ele utiliza pra difundir nem nada disso. Acho que você deve seguir em frente, e te desejo tudo de bom, sucesso com os livros e espero que realize teus sonhos. E parabéns pelo fim do tratamento!
    Grande abraço do Pau Mandado Beberrão!

  • Ele parece ser uma boa pessoa. O video foi removido mas sei la, nao sei se rola de assitir.

  • cara é pirado ahuehaeu

  • Milton, sem vc oq seria do meu caos destrutivo…

Deixe uma resposta