Nesse Profissão LOL conversamos com o Izzy Nobre, dono do Hoje é um bom dia, do HBDTv e twittador prolixo, sobre a nobre profissão de VENDEDOR DE PIROCAS!

Fale um pouco de você

Israel Nobre, tenho 25 anos, nascido no Ceará. Moro no Canadá desde 2003.

Como você se tornou balconista de sex shop?

Foi uma história engraçada. Eu era supervisor de segurança do tribunal local da minha cidade, até o fatídico dia em que eu cheguei no trampo e meus companheiros, rindo, mostraram uma filmagem no sistema de câmeras que mostrava um casal trepando atrás do prédio. Era o grande acontecimento do dia. Tirei uma foto da situação com o celular pra mostrar pra minha mulher, e fui caguetado por um filho da puta.

No dia seguinte estava no olho da rua. Eu sabia que não era exatamente boa idéia tirar uma foto de algo capturado pelas câmeras de segurança do lugar, mas eu (achava que) estava entre amigos, e o clima sempre foi bastante informal.

Eu estava errado.

Algum deslize pode te levar até AQUI!

Qual a melhor parte do seu trabalho?

A melhor parte é que eu trabalho muito pouco. Meu turno é de madrugada, de 11pm às 7am, e o tráfego de clientes é mais escasso nesse período. Em um turno de oito horas, trabalho aproximadamente uma hora, isso em dias de correria.

Chego no trampo, ligo o laptop, e passo horas coçando o saco e navegando na web ou tuitando. Vez ou outra vem um cliente, eu o atendo, e volto à internet.

Outra coisa legal é que meus gerentes são super gente boa. E eu trabalho sozinho. Não sou um cara antissocial nem nada, mas ADORO trabalhar sozinho. Menos encheção de saco, eu acho.

E a pior?

Antes o pior era trabalhar de madrugada, mas já me acostumei com isso. Agora, acho que o pior é a inerente insegurança de trabalhar de noite. Minha loja já foi assaltada uma vez.

É preciso alguma habilidade específica para ser bom no que você faz?

Nah. O que é preciso saber (funcionamento de certos vibradores, a frequência em que novos filmes saem, que atrizes estrelam em que filmes, brinquedos sexuais específicos pras práticas que os malucos descrevem, essas coisas) você aprende no trabalho mesmo.

E além disso, o básico de educação/simpatia, mas isso é necessário em qualquer emprego de “customer service” né.

Não rir diante de alguns clientes é uma das maiores habilidades exigidas

Como você se informa sobre os produtos para atender melhor os clientes?

A maioria das coisas eu fico conhecendo aqui mesmo. Algumas eu já conhecia da internet, como a Fleshlight ou o Tenga Egg.

É possível fazer disso uma CARREIRA?

Acho que não, e é por isso que além do trampo, estudo. Dá, claro, pra fazer carreira como gerente e tal, mas isso tá mais ligado com sua habilidade em gerência do que em artigos sexuais.

Como o trabalho afeta sua vida pessoal?

Como trabalho à noite, cinco vezes por semana minha mulher dorme sozinha. No começo ela odiava, mas como eu me espalho muito pela cama quando durmo, ela agora vê minha ausência pra dormir de forma mais confortável.

Quais seus planos para o futuro?

Faço um curso profissionalizante de “Legal Assisting“, ou seja, um “ajudante de advogado” digamos. O termo que se usa aqui é “paralegal”. Esse diploma é o mínimo recomendado pra começar uma carreira na área legal. Meu plano é eventualmente cursar Direito pleno e me tornar advogado de imigração.

httpv://www.youtube.com/watch?v=_i6kWbdTvjk

Veja o TENGA EGG em ação

O mercado de sex shops é competitivo?

Na minha cidade, é. Há umas outras 20 lojas do ramo aqui (a cidade tem apenas um milhão de habitantes)

E lucrativo?

NOSSA, e como. Lojas de artigos sexuais, não sei por que, põem um “markup” indecente nos seus produtos (pra combinar com a natureza deles, acho). Uma Fleshlight que tu acha na web por 70 dólares é vendida aqui por 140. Isso mesmo, o DOBRO! Alguns produtos chegam a custar o triplo.

Aliás, sabe o que é? Acho que sei porque cobram tão caro agora que paro pra pensar. Sex shop não é que nem supermercado que tu vai quase toda semana, ou onde você compra itens de uso trivial. Nesse tipo de estabelecimento você conesegue notar melhor se o preço é elevado.

Mas sexshop é algo mais incomum. Primeiro que ninguém vai sair pesquisando preço em sexshop, segundo que enquanto todo mundo sabe quando um litro de leite custa, poucas pessoas saberiam na ponta da língua quanto um vibrador custa.

Mas eu não posso reclamar, porque o salário que pagam aqui é excelentemente ótimo.

A qual o tipo de público você atende?

Todo tipo que tu possa imaginar! Gente estranha, gente legal, uns caras seríssimos de terno e gravata, casais caladinhos e com vergonha, casais espalhafatosos, gays, prostitutas, gordas asquerosas…

Solitário? Izzy Nobre te consegue uma namorada!

Quais os produtos mais populares?

As revistas, eu diria. São baratas e a maioria vem com um DVD junto, de graça.

Se tivesse que escolher outra profissão, qual seria?

Eu gostaria de trabalhar na Apple Store. Acho legal o ambiente e curto os produtos. Mas até lá, adoro trabalhar aqui. Aliás, até agora não criei coragem de mandar um currículo porque descobri que eles pagam menos…

Alguma história engraçada ou bizarra pra compartilhar?

Nossa, muitas. A mais recente é de um grupo de nigerianos que pareciam totalmente convencidos que beber lubrificante faria sua piroca crescer. Expliquei que isso não é verdade, mas eles não aceitaram a explicação. Nesses países africanos rola umas superstições bizarras que nego crê piamente…

E pior, eles compraram um frasco de Astroglide cada… meus gerentes riram demais da história.

Profissão LOL – Vendedor de PIROCAS

Categoria: DestaqueProfissão LOL
0

0 comentários

Deixe uma resposta