Um ateu ganhou na justiça da Áustria o direito de aparecer na foto da carteira de motorista usando um escorredor de macarrão na cabeça como um “símbolo religioso”.

Niko Alm fez o pedido depois de tomar conhecimento que a cobertura na cabeça em fotografias só é permitida em caso de necessidade religiosa. Então, ele disse ser seguidor da “religião” massafari (uma mistura de massa com rastafari – em inglês funciona melhor: pastafari)